Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Um colóquio intitulado “Labirintos da Memória” vai ter lugar nestes dias 28 e 29 de julho, no Sabugal e no Fundão, organizado pelas duas Câmaras Municipais.

A cerimónia de abertura vai ter lugar no Sabugal, esta sexta-feira, no Auditório Municipal, e vai contar com a participação dos dois autarcas, respetivamente António Santos Robalo e Paulo Fernandes, mas também dos dois Deputados eleitos pelo círculo eleitoral da Europa, Carlos Gonçalves e Paulo Pisco, pelo Presidente do Comité francês de homenagem a Aristides de Sousa Mendes, Manuel Dias, coorganizador do evento, e do Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

Maria Beatriz Rocha Trindade faz a intervenção inicial sobre “Mobilidade no quadro da história social portuguesa”. Ainda no Sabugal estão previstos dois painéis: um sobre a emigração clandestina para a França e para a Europa entre 1957 e 1974 e outro sobre a guerra colonial e a emigração. Dos diferentes intervenientes, destacam-se o historiador da Universidade de Pau Victor Pereira, o dirigente associativo Abílio Laceiras e o Conselheiro de Paris, Hermano Sanches Ruivo.

No dia seguinte, na Moagem, no Fundão, estão previstos três painéis: um sobre comunicação social em contexto migratório, outro sobre as migração em contexto de baixa densidade populacional, e ainda outro sobre Migrações, as vozes da memória e das vidas. Dos intervenientes destacam-se a Presidente da associação Memória Viva de Paris, Ilda Nunes, o Diretor do LusoJornal Carlos Pereira e a antiga correspondente da Lusa em Paris, Joana Carvalho Fernandes.

Para as conclusões do colóquio estão previstas as intervenções da socióloga Maria Beatriz Rocha Trindade e da Vereadora da Cultura da Câmara Municipal do Fundão, Alcina Cerdeira.

No primeiro dia vai ser projetado o filme “Portugais de France et d’ailleurs” do Comité Aristides de Sousa Mendes e no segundo dia, vai ser projetado o filme “Portugais de France: le choix impossible” de Patrick Séraudie.

Durante estes dois meses de julho e agosto, está exposta no centro cultural A Moagem, no Fundão, a exposição “A minha Casinha – A casa do emigrante na paisagem do Fundão e do Sabugal” com fotografias de Pedro Mendonça e Norberto Manso.

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
5.3