Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

No seguimento da notícia publicada ontem, em que o Ministério Público de Portugal acusa o cantor Tony Carreira e o compositor Ricardo Landum, de plágio, contactada pela Lusa, a advogada de Tony Carreira disse não ter comentários a fazer neste momento.

 

Eis a lista das 11 músicas originais plagiadas pelos arguidos, segundo o Ministério Público, com a referência à canção apresentada por Tony Carreira:

 

– “Después de Ti… Qué”, criada por Rudy Amado Perez, em 2000 (“Depois de ti mais nada”).

– “Me Muero”, da autoria de Maria Graciela Galan e Joaquin Galan Cuervo (“Se acordo e tu não estás eu morro”).

– “L’Idiot”, de 1981, da autoria de Hervé Vilard e Henri Didier René (“Sonhos de menino”).

– “Tzigane”, criada em 1993 por Jean-Michel Emile Claude Berriat e interpretada por Frédéric François (“Adeus até um dia”).

– “Toi qui manque à ma vie”, criada por Julie Mabel Dolores Gaillard d’Aime e interpretada por Natasha St-Pier (“Esta falta de ti”).

– “Puisque tu pars”, criada em 1987 e interpretada por Jean Jacques Goldman (“Já que te vais”).

– “Suddenly you love me”, criada por Daniele Pace e Lorenzo Pilat e interpretada pelo grupo The Tremeloes (“Leva-me ao céu”).

– “City of New Orleans”, criada em 1978 por Steve Goodman e interpretada por Willie Nelson (“Nas horas de dor”).

– “Regarde toi”, criada por Jean-François Bernard Berger/Gray Felix e interpretada por David Charget (“O anjo que eu era”).

– “Je t’aime”, criada e composta por Lara Fabian e Rick Allison (“Por ti”).

– “Ne viens pas”, da autoria de Dean Landon e interpretada por Roch Voisine (“Porque é que vens”).

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
2.4