Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Uma vitória largamente festejada pela Mairie de Paris aquando o anúncio oficial da organização dos Jogos Olímpicos em 2024.

O Conselheiro de Paris, delegado os assuntos europeus na Maire de Paris, Hermano Sanches Ruivo, definiu esta vitória importante. «Houve um Conselho de Paris extraordinário com um alargamento político mas também da população, assim como um enorme concerto gratuito na sexta-feira, no Hôtel de ville».

Tanto mais que a última vez que a capital francesa acolheu os JO foi em 1924, um século antes. «É fundamental para nós, já que Paris e a sua região serão uma montra universal e traz uma imagem positiva em termos turísticos, favorecendo Paris nos melhores destinos internacionais a visitar», sublinhou.

Hermano Sanches está consciente dos desafios quer a nível do ambiente, quer a nível da sustentabilidade, ou ainda da segurança, contudo aponta para os poucos gastos em termos de infrastruturas, uma vez que o país está bem equipado.

«Porém uma aldeia olímpica, um centro aquático, alojamentos ou ainda transportes serão construídos ou melhorados e isso vai gerar mais de 250.000 empregos».

O Conselheiro de Paris explicou também que foi graças ao movimento associativo, aos políticos em geral e ao trabalho das populações que várias ações foram realizadas estes últimos dois anos para convencer o Comité de Organização a escolher Paris. «Agora entramos na fase 2 e durante a qual outras ações serão feitas também para mostrar o que se faz e o que se gasta».

Segundo Hermano Sanches Ruivo, há um grande trabalho a fazer com as cidades, de que forma os bairros parisienses irão participar, etc.

Já bastante implicado no desporto aquando as últimas campanhas municipais, o Conselheiro de Paris espera continuar bastante envolvido no evento desportivo.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 19 Votos
1.7