Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Bruno Bento é o novo Diretor do Escritório de representação do banco Santander Totta em Paris e no norte da França. Vem substituir Luís Rocha que esteve 16 anos à frente desta instituição bancária e que agora regressou a Portugal.

Bruno Bento nasceu em Torres Vedras, mais propriamente numa aldeia do concelho da Lourinhã, mas morava em Chaves antes de vir para Paris. Entrou no banco em 2006, no Santander Totta de Torres Vedras, onde ficou durante dois anos. Depois trabalhou em vários balcões transmontanos, foi sub-Diretor em Chaves, Diretor em Vila Pouca de Aguiar, e recentemente em Valpaços.

 

Como surgiu a oportunidade para vir para Paris?

Vir para Paris tem um pouco a ver com a minha esposa, que nasceu aqui, nos arredores de Paris, e queria voltar para França. Quanto a mim, o facto de trabalhar em balcões e de lidar com vários clientes residentes no estrangeiro, inclusivamente aqui em Paris, levou-me a querer experimentar esta oportunidade.

 

Como encara este novo desafio?

Já conhecia Paris, não me é totalmente desconhecido, vim cá várias vezes de férias. Mas vai ser de facto uma mudança enorme, passar para uma capital como esta, vai ser diferente. Mas a força da Comunidade portuguesa aqui é o que me motiva. Todas estas mudanças pessoais e profissionais são positivas, fazem-nos crescer, fazem-nos evoluir. E enquanto profissional procuro isso mesmo. E espero servir pelo melhor os Portugueses e ter um papel de proximidade com toda a Comunidade, na continuidade do trabalho que fez o Luís Rocha até aqui.

 

Qual a missão deste Escritório de representação?

A nossa missão passa por reforçar a relação de proximidade com a nossa clientela, isso é uma evidência, mas também explorar outros mercados, nomeadamente os clientes franceses que queiram investir em Portugal. Esperamos que esta procura dos Franceses por Portugal vá continuar e nós cá estaremos para os acompanhar. Nos últimos anos, houve um reforço de novos emigrantes que queremos apoiar. Procuramos apoiar esta nova geração de emigrantes. Queremos apoiar não apenas esta vertente da poupança e dos clientes, mas também o fator do investimento em Portugal ou aqui é primordial para o Banco. E estar sempre atento a novas oportunidades de negócio, claro.

 

A área geográfica de intervenção continua a mesma?

O Santander Totta vai manter a mesma repartição geográfica, com os escritórios de Paris e de Lyon. O norte acompanhado por Paris e a parte sul acompanhada por Lyon.

 

Fidelidade

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
10.0