Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Concerto de Tereza Carvalho emocionou Ste Consorce

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

No sábado, dia 1 de outubro, a Associação de Geminação entre Ste Consorce (69), nos arredores de Lyon, e Fornos de Algodres, organizou um serão de fado com a cantora Tereza Carvalho, acompanhada pelos músicos Lino Ribeiro à guitarra portuguesa e Vítor do Carmo à viola.

A Sala de festas de Ste Consorce acolheu um público numeroso, com cerca de duas centenas de espetadores, sendo na maioria Franceses que muito apreciaram a presença em palco, a voz e a alma da fadista.

Para além da divulgação da cultura musical portuguesa, e do Fado em particular, o concerto teve lugar no quadro do Festival de l’Intervale, que todos os anos reúne cerca de duas dezenas de artistas.

“Estou muito feliz pela forma como me acolheram, e também com o ambiente de respeito e de silêncio da sala, proporcionado pelo público aqui presente hoje, e o que me motivou para apresentar o melhor do meu repertório, não apenas para prazer do público, mas também meu. A organização foi espetacular” disse Tereza Carvalho ao LusoJornal. “É difícil encontrar ambiente como este, para se interpretar o fado, hoje em dia. Agradeço imenso a todos os responsáveis pela organização de me terem convidado, e em especial a Comunidade portuguesa aqui presente”.

Tereza Carvalho é oriunda de uma aldeia de Trás-os-Montes, Romeu, no concelho de Mirandela. Começou a cantar fado aos 12 anos, ouvindo a avó materna. Apaixonou-se pelo fado, que já canta há cerca de 23 anos, dando espetáculos em casas de fado, restaurantes, e em salas de espetáculo, em diversas localidades de Portugal e na Europa.

Atualmente vive na região de Paris e tem a ambição de lançar no mercado discográfico um álbum com temas inéditos, no final do primeiro semestre de 2018.

“É uma voz cheia de grandes promessas e com sonoridades propícias para interpretar deliciosamente o Fado”, disse visivelmente emocionada Murielle ao LusoJornal. “Foi um encanto assistir a estas duas horas e meia de Fado interpretado por Tereza Carvalho. Será para mim e para a minha família, uma boa lembrança”.

A Associação da Geminaçao organiza várias manifestações durante o ano, levando a cultura portuguesa aos habitantes de Ste Consorce e às localidades vizinhas. Apresenta também pratos gastronómicos regionais, espetáculos, exposições, estando a próxima agendada para os dias 18 e 19 de novembro, com a exposição de “Atrisanat e Créativité”, para a qual foram convidados vários produtores da região de Fornos de Algodres.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 6 Votos
9.3