Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A encenadora Joana Providência vai dirigir um espetáculo de teatro intitulado “Vestígio” sobre o trabalho que o fotógrafo francês Georges Dussaud tem realizado ao longo de quase quatro décadas em Trás-os-Montes.

A estreia está marcada para o dia 28 de outubro, em Bragança, mas o espetáculo é promovido pelos Teatros Municipais de Bragança e de Vila Real, no âmbito do projeto “Algures a Nordeste”, e que conta com o apoio do Centro de Fotografia Georges Dussaud (na foto), de organizações da comunidade local como a Universidade Sénior de Bragança e do Espaço Miguel Torga em S. Martinho de Anta, no distrito de Vila Real.

O espetáculo conjuga atores e bailarinos, vai ter imagens projetadas, numa forte relação com a fotografia e vai ser interpretado por António Júlio, Daniela Cruz, João Vladimiro, Vera Santos e Maria Falcão.

Há 37 anos que o fotógrafo francês Georges Dussaud capta o quotidiano de Trás-os-Montes, desde o comércio, rituais, ofícios, trabalhos agrícolas e pastoreio à paisagem, mas sobretudo, as gentes da região. Os trabalhos podem ser apreciados em exposições no Centro de Fotografia com o seu nome, em Bragança.

 

Cursos Instituto

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
4.7