Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Amanhã, sábado, o dia 14 de outubro vai ser dedicado à Comunidade portuguesa na Câmara Municipal de Paris, com uma noite de gala, um encontro de associações e uma reunião de autarcas franceses e portugueses.

Hermano Sanches Ruivo, Conselheiro de Paris, admitiu à Lusa que vai ser como um «dia de Portugal na Câmara de Paris», que vai culminar com uma noite de gala perante cerca de 650 convidados do meio artístico, empresarial, político, associativo e académico nos salões nobres do Hôtel de Ville.

«É a noite da Comunidade portuguesa para nós. Nós, a Câmara, propomos essa homenagem à Comunidade portuguesa e também damos espaço ao movimento associativo no mesmo dia. Depois, os eleitos portugueses que vêm assistir à gala encontram-se com eleitos franceses de origem portuguesa que podem estar interessados em colaborações entre as cidades», explicou Hermano Sanches Ruivo.

A gala realiza-se desde 2011, depois de um «Tratado de Amizade» entre Paris e Lisboa assinado pelos antigos autarcas António Costa e Bertrand Delanoë e assinala-se, todos os anos, perto da data da Implantação da República Portuguesa.

Mais uma vez, um representante da Câmara Municipal de Lisboa vai estar presente, assim como autarcas da região de Tâmega e Sousa que vão trazer iguarias locais para o cocktail do final da noite, ao lado de petiscos escolhidos pela Câmara de Paris.

A programação da noite cultural é feita pela associação de jovens lusodescendentes Cap Magellan que vai juntar no palco artistas conhecidos em Portugal com jovens franco-portugueses emergentes.

Este ano, os cantores Nuno Guerreiro e Manuel Paulo (Ala dos Namorados), João Só e Ricardo Carriço, vão interpretar duetos com os jovens Lizzie, Ivo Monteiro e Ana Isabel Freitas.

Vai haver, ainda, momentos de humor, com a subida ao palco dos humoristas franco-portugueses Jonathan da Silva e Tatane, assim como o artista francês D’jal, conhecido pelos ‘sketches’ relativos à Comunidade portuguesa em França.

«É o espírito da Cap Magellan lançar desafios a pessoas que não se conhecem, mas que têm que fazer algo em conjunto para a gala», explicou Luciana Gouveia, Delegada-geral da associação, lembrando que noutras edições convidaram Pedro Abrunhosa, Rui Reininho, Luís Represas e Sérgio Godinho.

Na música, está ainda programada a subida ao palco do fadista Ricardo Ribeiro, do grupo de cante alentejano Os Cantadores de Paris e da Tuna Académica de Ciências da Saúde do Norte Oportuna.

Na cerimónia de duas horas e meia, vai haver também momentos dedicados ao cinema, com a projeção do ‘trailer’ do documentário «Cantadores de Paris» de Tiago Pereira, do projeto A Música Portuguesa a Gostar Dela Própria, e do ‘trailer’ do documentário «Eusébio – história de uma lenda», de Filipe Ascensão, na presença da filha do futebolista Sandra da Silva Ferreira.

Na programação, está ainda prevista a apresentação de um livro sobre a construção de um monumento aos emigrantes portugueses em Champigny-sur-Marne, de Valdemar Francisco, e a entrega de prémios ao melhor projeto associativo, melhor iniciativa cidadã, melhor jovem empreendedor, melhor aluno do ensino secundário, melhor estudante universitário e melhor revelação artística musical.

Luciana Gouveia acrescentou que a apresentação da gala vai estar novamente a cargo do animador televisivo José Carlos Malato e da jornalista desportiva que trabalha na televisão francesa Sónia Carneiro.

Antes da noite de gala, durante o dia, o Hôtel de Ville vai acolher o 14° Encontro das Associações Portuguesas de França e 1º Encontro das Associações Lusófonas, organizada pela Coordenação das Coletividades Portuguesas de França, sob o tema «A Lusofonia no mundo / O mundo da lusofonia».

No programa, uma conferência sobre a Lusofonia no Mundo, animada por David Leite, Conselheiro Cultural da Embaixada de Cabo Verde em Paris, uma apresentação do papel da lusofonia no seio das associações portuguesas, o lançamento de uma campanha para a abertura de aulas de português em França e a apresentação do novo ‘site’ do LusoJornal.

Ao início da tarde, também no Hôtel de Ville, também vai haver uma reunião entre autarcas oriundos de Portugal e eleitos de origem portuguesa da Activa – Grupo de Amizade das Cidades e Coletividades Territoriais.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 8 Votos
3.0