Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Um Português com 34 anos de idade foi levado pela Polícia, na passada quinta-feira, por ter «importunado» o Deputado e antigo Primeiro Ministro Manuel Valls, quando este estava na esplanada do restaurante Le Bourbon. Algumas testemunhas dizem que lhe queria bater.

Le Bourbom é uma «braserie» chique na Place du Palais Bourbon, em Paris 7, mesmo ao lado da Assembleia da República, onde atualmente Manuel Valls é Deputado do Essonne.

O Português, com uma camisola do PSG – que aparentemente tinha acabado de sair de um hospital psiquiátrico – sentou-se à mesa com Manuel Valls e meteu conversa com o antigo Primeiro Ministro. Disse que tinha uma «Ficha S» na Polícia – a lista dos indivíduos considerados potenciais terroristas – e que passou 13 anos na Prisão de Fleury-Mérogis, mas o LusoJornal não conseguiu apurar a veracidade destas informações. Disse também que tem uma filha com 7 anos, em Portugal, que está entregue a uma família de acolhimento, e queria recuperá-la.

Os empregados do estabelecimento chamaram a Polícia que acorreu de imediato, levando o indivíduo algemado, sem qualquer resistência.

Manuel Valls minimizou o incidente mas confirmou que «o homem estava num estado desastroso». Confirmou também que o Português fez ameaças contra os Parlamentares e contra a Tour Eiffel, que «foram tidas muito a sério» pela Polícia.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.5