Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Magusto em Clamart ajuda vítimas dos incêndios em Portugal

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

A Comunidade católica portuguesa de Clamart (92) organizou no fim de semana passado a festa de S. Martinho.

Lourenço Carmide Rosa, responsável daquela Comunidade, começou por explicar o seu funcionamento. «Todos os 15 dias há uma missa em português com um padre brasileiro. E é uma Comunidade que se reúne há 40 anos e não funciona como uma associação, apenas somos amigos e costumamos festejar o S. Martinho anualmente, assim como o Natal ou ainda a Páscoa».

O responsável confessou já estar aposentado e precisar de alguém para o substituir…

Quanto às castanhas, vieram da região de Trás-os-Montes, de Espinhoso, Vinhais, oferecidas por uns amigos, e no final das castanhas assadas, os presentes deleitaram-se com um também tradicional Caldo Verde.

Como habitualmente, os presentes «costumam dar algo para a compra das castanhas». Este ano Lourenço Carmide Rosa optou por entregar o dinheiro às vítimas dos incêndios em Portugal. «Quisemos ajudar um pouco em Portugal, já estivemos em contacto com famílias e amigos nossos em Portugal a quem entregámos ovelhas e galinhas. Agora com este dinheiro também vamos poder contribuir um pouco para melhorar o quotidiano de algumas vítimas».

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.9