Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Flore Fartaria: diretora do único hotel de 5 estrelas da Auvergne… o Princesse Flore

LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira LusoJornal / Carlos Pereira

Flore Fartaria é a Diretora do «Princesse Flora», o único hotel de 5 estrelas na região Auvergne. É filha do industrial Isidoro Fartaria, que também é o Cônsul Honorário de Portugal em Clermont-Ferrand. E tem a particularidade de ser a Diretora de um hotel… com o seu próprio nome.

O «Princesse Flore» foi o primeiro Palace da estância termal de Royat (63). Foi fundado em 1880 para acolher turistas que procuravam as águas volcânicas da região e teve a particularidade de ser o primeiro hotel com elevador da região. «Era, sem dúvida um hotel de luxo» explica Flore Fartaria ao LusoJornal.

Mas o hotel envelheceu e a própria cidade foi perdendo a dinâmica turística. Até que o Maire da cidade resolveu dar novo folego à atividade termal. Mandou construir um novo centro de cura, com várias piscinas e centros de tratamento, com uma ligação privativa ao hotel.

A dinamização do Palace fazia parte dos projetos do Maire. E foi em 2007 que Isidoro Fartaria renovou o hotel e deu-lhe o nome da filha. «O meu pai queria guardar a alma deste hotel, guardar as marcas da época em que foi construído, mas pô-lo aos gostos de hoje, com as comodidades de hoje, para que continue a ser um hotel muito luxuoso» explica Flore Fartaria.

Com 43 quartos, entre os quais 10 suites, o hotel tem também dois restaurantes: um restaurante gastronómico – «La Flèche d’Argent» – no rés-do-chão e um restaurante no terraço do 7° andar do hotel, com uma vista magnífica para a cidade de Clermont-Ferrand, servindo essencialmente uma cozinha de verão, com saladas e «planchas».

Royat é uma estância termal com nascentes de águas quentes recomendadas para o tratamento de artroses, de poliartrites e da doença de Crohn. «É uma água muito reputada e, em geral, os pacientes sentem-se bem melhor no fim das curas que duram 21 dias» conta Flore Fartaria ao LusoJornal.

«Temos uma clientela muito internacional, que nos chega dos Estados Unidos, da Austrália, e até de Portugal. Temos também muitos Franceses, claro, essencialmente parisienses».

Flore Fartaria afirma que a sua maior «ginástica» é manter um hotel luxuoso, de 5 estrelas, «a preços muito acessíveis». Mas diz que consegue.

Para além das origens lisboetas de Isidoro Fartaria, Flore Fartaria «herdou» também as origens do marido que vem de Braga. «Vamos frequentemente passar as férias a Portugal e é um país do qual eu gosto muito».

 

Hôtel Princesse Flore

5 place Allard

63130 Royat

Infos: 04.73.35.63.63

 

Fidelidade

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 6 Votos
4.9