Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Faz hoje 4 anos que, no dia 6 de dezembro de 2013, morreu em Nantes, onde vivia, com 84 anos, o poeta luso-moçambicano Virgílio de Lemos.

Nasceu em 1929 na ilha de Ibo (Moçambique), filho de Portugueses, e começou a escrever muito cedo no “Jornal da Mocidade Portuguesa de Moçambique”, no qual colaborou ao lado de poetas como Rui Knopfli ou Noémia de Sousa.

Entre 1961-62 esteve preso pela PIDE durante 14 meses, acusado de subversão e em finais de 1963, refugia-se em França.

Foi jornalista na Radio France Internationale (RFI) e colaborou com os jornais “Le Monde”, “Expresso” e “Jornal de Letras”. Publicou vários livros.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.8