Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Parlamento português aprovou hoje, por unanimidade, um voto de pesar pela morte de Reine Accoce, pedagoga e ativista social, fundadora das associações de amizade de França com Portugal e com a Lusofonia.

«Com o seu desaparecimento, a nossa Comunidade em França perde uma grande amiga e um dos grandes esteios da defesa da lusofonia neste país», lê-se no texto do Voto de Pesar, apresentado pelos Deputados do PSD, que realça as suas relações com a Guiné-Bissau.

No texto, aprovado por unanimidade pelos Deputados, recorda-se a «grande militante associativa» que fundou «duas associações dirigidas ao apoio» à Comunidade portuguesa «na região dos Pirinéus e à divulgação da cultura portuguesa» – a Associação França-Portugal e a Associação Lusofonia de Pau, em França.

Reine Accoce morreu a 1 de dezembro, aos 88 anos.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 5 Votos
4.7