Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Uma delegação da Câmara de comércio e indústria franco-portuguesa (CCIFP) visitou este fim de semana as instalações da empresa Real Marbres, em Viana do Castelo.

A Real Marbres foi criada por Manuel e Cristina Soares, radicados em Paris, e é especialista do mármore, sendo uma empresa de referência, com obra feita não apenas em Paris, mas também em algumas das mais conceituadas capitais do mundo.

Manuel Soares instalou uma empresa em Viana do Castelo onde faz a transformação dos elementos de mármore que depois vão decorar as lojas da Yves Saint Laurent, da Dior, da Chanel, da Gucci ou da Louis Vuitton pelo mundo. A maior parte dos grandes hotéis de Paris são clientes da Real Marbres, e uma das últimas realizações da empresa e é decoração do Hotel Crillon, em Paris.

«Nós temos sempre uma vantagem em relação aos nossos concorrentes, porque nós dominamos a cadeia quase completa do mármore» explica Manuel Soares. «Quando nós vamos fazer um orçamento para um cliente, eles sabem que nós podemos cumprir os prazos porque a fábrica de transformação e corte é nossa».

A escolha de Portugal foi «evidente» para Manuel Soares, embora seja originário do centro do país. «Viana tem competência nesta matéria e temos os portos marítimos a pouca distância para receber mármore que vem do mundo inteiro e para enviar material também para o mundo inteiro».

Manuel e Cristina Soares estão agora empenhados em concluir uma nova unidade fabril que quer instalar em Viala do Castelo, ainda em 2018, onde vai fabricar peças de mármore com tecnologia inovadora. «Trata-se de placas de mármore bem mais finas, e por conseguinte bem mais leves, reforçadas depois com uma estrutura em forma de ninho de abelha, em alumínio, que as torna resistentes» explica Manuel Soares ao LusoJornal. «Desta forma vamos poder fazer fachadas bem mais leves e ganhar ainda mais mercado».

O empresário diz ter tido todo o apoio da equipa municipal e em particular do Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa.

Na delegação que visitou a fábrica estava o Presidente Carlos Vinhas Pereira e a Administradora executiva da Câmara de comércio, Marie Reis de Bragelongne.

 

Fidelidade

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 7 Votos
5.6