Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Votos de Feliz Ano Novo nas Associações portuguesas da região de Lyon

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

Na região do grande Lyon as associações da Comunidade portuguesa tiveram durante esta época festiva grandes atividades de festa, como por exemplo o «Pinheiro de Natal» com os mais pequeninos e a entrega dos presentes. Na Passagem de Ano, várias foram as associações que organizaram festas onde se pode viver a saída de 2017 e a entrada neste ano 2018, com jantares e bailes.

«Estou muito contente com a nossa organização. Correu tudo bem e os participantes ficaram contentes. Estamos já a preparar o nosso calendário de atividades para 2018. Ainda não temos todas as respostas da Mairie para certas datas. Em breve, no domingo 14 de janeiro, vamos festejar os Reis e depois, em março, vamos festejar o Carnaval e durante o fim de semana de 19 e 20 de maio, vamos organizar um encontro franco-português e europeu onde haverá muitas surpresas» confia ao LusoJornal o Presidente David Assunção da associação de St. Genis Laval. «Antes das férias vamos organizar a nossa Festa da sardinha assada, e no regresso de férias as ‘Retrouvailles’ e logo coltaremos a preparar o final do ano».

São pois muitos os Presidentes a desejarem a toda a Comunidade residente no grande Lyon, e aos seus sócios, os votos de Bom Ano Novo 2018, com saúde, felicidades entre as famílias e muita paz.

O Presidente Amorim de St Priest, David de Ecully, Serafim de St Consorce, António de Ternay, Da Cruz de Feyzin, Martins de Vaulx-en-Velin, Pires de Vaulx-en-Velin, Santos de Meysieux, Belmiro de Lyon 6, José de Caluire, Nadine de Brignais, Maria do Céu de Montluel, Carina de Neuville, Agostinho de Trevoux, Maria de Genay, entre outros. E com eles o Cônsul-Geral de Portugal em Lyon, Luís Brito Câmara, e o Conselheiro das Comunidades e também Presidente da FAPRA, Manuel Cardia Lima.

Na região de Lyon as associações portuguesas têm como vocação a cultura popular, entre elas o folclore regional português. Na sua maioria, os elementos da Comunidade são oriundos do norte de Portugal, do Minho a Trás-os-Montes. Em minoria estão representadas as Beiras litorais e interior.

Durante o ano, principalmente de maio a fim de junho, organizam-se Festivais de folclore onde se fazem convites entre as associações, o que dá lugar às grandes concentrações de pessoas onde o folclore é «rei», sobretudo o das regiões do norte de Portugal. Vêm de todo o Rhône Alpes, do Ain e da Loire e nestes encontros partilham o prazer de viverem as nossas tradições e costumes regionais assim como especialidades portuguesas.

Todos eles também desejam um Feliz Ano Novo ao LusoJornal e a toda a sua equipa. Do mesmo modo, a equipa do LusoJornal retribui a saudação para toda a Comunidade associativa e agradece a boa colaboração informativa que decorreu durante estes anos passados.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
3.4