Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Segunda Aldeia organizou festa para ajudar Bombeiros portugueses em Montmagny

LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha LusoJornal / Mário Cantarinha

A Associação franco-portuguesa Segunda Aldeia de Montmagny (95) organizou no sábado passado, à noite, um Festival de música para ajudar os Bombeiros portugueses. Lusibanda, Christophe Malheiro, Manuel Campos, David Garcia e os dois jovens Fabien e Simão subiram ao palco e animaram a sala de festas local.

Judite Pires, Presidente da associação, explicou que já tinha havido várias associações a ajudar as vítimas dos incêndios. «Confesso que vi certos pormenores que não me agradaram muito, mas ninguém pensou nos heróis portugueses que salvaram muitas vidas. Com a associação tivemos então esta ideia que ninguém tinha pensado». Judite Pires define os Bombeiros como sendo «chefes de combate» que arriscam a vida pelos outros.

Este já é o terceiro evento que a associação colabora com a World Show. «Como das primeiras vezes, correu tudo muito bem. Decidimos novamente organizar este festival que tem reunido muita gente e atraído muitos jovens, nomeadamente muitos lusodescendentes», começou por declarar ao LusoJornal a Presidente da coletividade. Contudo, evocou o período de férias que penalizou um pouco o evento festivo. «Não nos lembrámos que eram férias escolares e que certamente íamos ter menos gente. Porém ainda veio muita gente partilhar este momento connosco», apontou para a sala.

Também presente, Salomé Pereira, da Lusibanda, que detém o título de Primeira Dama de Miss Portugal França, exprimiu a sua alegria e orgulho por ter conquistado o título e por estar ali com o seu grupo para ajudar os Bombeiros portugueses. «É uma honra representar França como Portugal. E estou consciente que posso contar com o apoio da minha família que me tem ajudado no meu percurso. Se posso ajudar um pouco os meus compatriotas, então digo logo que sim».

Responsável pela Word Show, Nicolas Gonçalves explicou, no fim do espetáculo, que os incêndios afetaram muito a situação em Portugal. «Muitas famílias sofreram e perderam quase tudo, mas os Bombeiros não nos podemos esquecer deles, já que não têm meios nenhuns. E é preciso começar por eles para podermos ser mais eficazes».

Os artistas atuaram voluntariamente e os benefícios recolhidos serão entregues aos Bombeiros em Portugal.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
8.9