Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Presidente do Instituto Camões anunciou ontem que, ainda este ano, será criada uma Cátedra de Literatura e Cultura Portuguesas, Comércio e Turismo, na Universidade de Aix-Marseille, no sul de França, em que o patrono será Eduardo Lourenço.

Luís Faro Ramos referiu-se a Eduardo Lourenço como “um dos melhores intérpretes da literatura portuguesa e da literatura universal”, mas o autor de “O Labirinto da Saudade. Psicanálise mítica do destino Português” (1978), este anúncio surpreendeu-o verdadeiramente, e acrescentou: “Uma cátedra basta e chega” porque já tem uma em Bolonha, na Itália, desde dezembro de 2007. “Mas gosto muito de Aix como cidade, a cidade de Cézanne”, pintor que “adora”, referindo-se a Aix-en-Provence. Mas acrescentou: “Já não tenho ânimo nem forças para suportar uma coisa destas”.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 10 Votos
4.3