Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Alunos de Saint Cloud e Chaville recebem cientistas portugueses para falar dos seus percursos profissionais e ingresso na universidade. O evento, organizado pela Native Scientist, contou com o apoio da Coordenação do Ensino de Português no Estrangeiro em França – Instituto Camões.

No passado dia 2 de fevereiro, ao fim da tarde, estudantes da Secção Internacional Portuguesa de Saint Cloud (turmas de Seconde e Terminale), juntamente com estudantes da Secção Internacional Portuguesa de Chaville (turma de Troisième, que veio conhecer aquele que será o seu liceu no próximo ano) reuniram-se com os seus professores de Português e História numa sala do Lycée Alexandre Dumas. O propósito? Receber a visita de três membros da Native Scientist – Alicia Calvo-Villamañán, Nuno Marinho e Rafael Galupa -, uma organização que visa promover o bilinguismo e a ciência junto de comunidades imigrantes, e que organiza “workshops” na rede escolar do ensino do Português em França desde 2014, em colaboração com o Instituto Camões.

Desta vez, o “workshop” foi diferente do habitual – os alunos não queriam saber apenas aquilo que os investigadores faziam nos seus laboratórios e empresas, na área da microbiologia, da engenharia e da genética. Queriam saber que percurso tinham seguido para chegar onde estão, as principais motivações para escolherem ciência, e as suas experiências enquanto Portugueses no estrangeiro…

Primeiro em sessão plenária, e depois em pequenos grupos, alunos e cientistas discutiram saídas profissionais, partilharam incertezas e ambições, e conversaram sobre a importância de se falar duas ou mais línguas.

Para o professor Miguel Guerra, “esta foi uma oportunidade única para os alunos alargarem horizontes em termos de orientação profissional, um assunto que tanto os preocupa, sobretudo os alunos que estão prestes a concluir o ensino secundário”.

Este ano será, aliás, o primeiro em que os alunos de Saint Cloud farão o OIB, ou seja, o Bac de Opção Internacional, que lhes permitirá beneficiar do seu domínio da língua, da literatura e da cultura e história portuguesas.

Lembramos, ainda, que a Secção Internacional Portuguesa de Saint-Cloud, que neste momento conta com 30 alunos é a única do Departamento 92 e recebe alunos de várias localidades, de Clamart a Colombes e até Chatou. É uma questão de motivação e tudo é possível!

As inscrições para o ano letivo de 2018/19 decorrem de 19 de fevereiro a 22 de abril para o mail sipladsc@sapo.pt.

 

Carla Lourenço

(Professora na Secção Internacional Portuguesa de Saint-Cloud)

 

Rafael Galupa

(Coordenador da equipa Native Scientist para o Portuguîes em França)

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.7