Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Seleção da Guiné-Bissau esteve uma semana em estágio nos arredores de Paris, em Grigny. Os guineenses tiveram dois encontros amigáveis em território francês.

No primeiro jogo, no Estádio Didier Pironi em Limeil-Brévannes, o Burkina Faso venceu por 2-0 a Guiné-Bissau. Os dois golos foram apontados pelo médio Cyrille Bayala (34 min) num remate de fora da área, e pelo avançado Aristide Bancé (37 min) para os burquinenses.

O resultado final fixou-se em 2-0 para a Seleção do Burkina Faso, comandada pelo Técnico luso Paulo Duarte.

 

Burkina Faso e Congo Brazzaville, duas derrotas

No segundo jogo, no Estádio Aimé Bergeal em Mantes-la-Ville, neste domingo 25 de março, o Congo Brazzaville acabou por derrotar a Guiné-Bissau por 2-0.

Os golos foram apontados pelo médio Prince Oniangué (38 min) e pelo avançado Thievy Bifouma (58 min) para os Congoloses.

Durante os dois encontros, os pupilos do Seleccionador guineense, Baciro Candé, dominaram mas nunca conseguiram chegar ao golo.

De notar que o ponto positivo para os «Djurtus» foi a chegada de novos jogadores como os avançados Jorginho (Chaves, Portugal), jogador emprestado pelo Saint Etienne à equipa portuguesa, e Esmaël Gonçalves (Pakhtakor, Uzbequistão), este que já passou pelo Nice em França, ou ainda o médio Romário Vieira (Leeds, Inglaterra) e o defesa Nadjack (Rio Ave, Portugal).

Os dois jogos também serviram para criar um entrosamento entre todos os jogadores, recém-chegados ou antigos.

Por fim, de relembrar que no apuramento para o CAN-2019 (Campeonato Africano das Nações), a Guiné-Bissau integra o grupo K. Na segunda jornada vai decorrer uma oposição 100% lusófona entre Moçambique e a Guiné-Bissau, em território moçambicano, a 7 de setembro de 2018.

 

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 3 Votos
9.8