Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O filme «Chuva é cantoria na aldeia dos mortos», de João Salaviza e Renée Nader Messora, foi selecionado para o Festival de Cannes, em maio, que encerrará com «O homem que matou D. Quixote», de Terry Gilliam.

De acordo com a programação complementar anunciada no ‘site’ oficial do festival, o documentário de Salaviza, rodado junto de uma comunidade indígena no Brasil, integrará a secção competitiva «Un Certain Regard».

Em declarações à Lusa, João Salaviza não escondeu a satisfação por voltar a Cannes, onde venceu a Palma de Ouro em 2009 com a curta-metragem «Arena»: «É um filme feito por duas pessoas no meio do mato, sem qualquer coprodução francesa, com 80 mil euros de apoio do ICA [Instituto do Cinema e do Audiovisual], e estar a ombrear com outros filmes da competição é fantástico».

Marcado de 8 a 19 de maio, o Festival de Cannes encerrará com a estreia mundial de «O homem que matou D. Quixote», o projeto de vários anos de Terry Gilliam, rodado em Portugal e em Espanha.

Depois de várias especulações na imprensa internacional, Cannes anunciou a inclusão de «O homem que matou D. Quixote», de Terry Gilliam, numa altura em que ainda estão em curso processos em tribunal que o opõem ao produtor português Paulo Branco.

Com argumento de Terry Gilliam, um dos fundadores do coletivo britânico Monty Python, e Tony Grisoni, «O homem que matou D. Quixote» é uma transposição do romance de Miguel Cervantes para a atualidade e conta no elenco com nomes com Jonathan Pryce, Adam Driver e a atriz portuguesa Joana Ribeiro.

No Festival de Cannes este ano o cinema português estará ainda presente na Semana da Crítica, um dos programas paralelos, com os filmes «Diamantino», de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, e «Amor, Avenidas Novas», de Duarte Coimbra.

O júri que atribuirá a Palma de Ouro será presidido pela atriz Cate Blanchett, enquanto o ator Benicio del Toro presidirá ao júri da secção «Un Certain Regard».

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.7