Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Associação Portuguesa promoveu especialidades portuguesas em Quincieux

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

No sábado dia 21 de abril, a Associação Portuguesa de Quincieux (69), nos arredores de Lyon, organizou uma venda de especialidades portuguesas na Praça da Igreja desta localidade, durante a manhã e a tarde desse dia.

«Estamos aqui a propor à população francesa e não só, especialidades portuguesas como bolos, pastéis de nata e também especialidades regionais como rissóis, pastéis de bacalhau, entre outros» disse ao LusoJornal Joaquim Ferreira, o Presidente da Associação.

Tudo foi confecionado pelas mulheres da associação, que prepararam também dois pratos regionais – Feijoada e Bacalhau – que serviram em porções individuais.

«É deste modo que participamos na animação da vila, em conjunto com a Mairie. Hoje é a vez da Comunidade portuguesa e depois haverá outras atividades, de outras associações» concluiu o Presidente Joaquim Ferreira.

Joaquim Ferreira é o Presidente da coletividade, mas a Direção integra também o Vice Presidente Manuel Serrano,, o Secretário Fernando Ribeiro e o Tesoureiro Manuel de Sousa.

«As nossas principais atividades durante o ano são as saídas turisticas e muitos eventos na nossa sede onde acolhemos os nossos 180 sócios para jantares e convívios» disse ao LusoJornal o Vice-Presidente Manuel Serrano. «A associação foi fundada em 2003, e temos também um grupo de dança moderna para os mais novos, que se chama ‘Dream Team’ e que ensaiam aos sábados, na sede da associação».

Durante o ano são organizados Torneios de sueca, encontros de cantores à desgarrada, merendas e no dia 16 de julho deste ano terá lugar a festa da associação que se fará na sala de festas de Quincieux. Esta será a última atividade da associação antes das férias de verão.

Quincieux situa-se a norte de Lyon, numa zona rural, e onde a empresa de construção civil Fontanel tem os seus escritórios, e onde também trabalham mais de 400 portugueses.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.4