Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Três encontros, três rondas a ultrapassar para ter uma oportunidade de jogar no quadro principal do mítico Grand Slam parisiense de ténis, Roland-Garros. Eis a tarefa para todos os tenistas da fase de qualificação.

Um português ainda pode chegar a apurar-se para o quadro principal: Gonçalo Oliveira. O tenista luso vai defrontar nesta sexta-feira o australiano Bernard Tomic num encontro a contar para a terceira ronda.

Na segunda ronda, Gonçalo Oliveira defrontou e venceu o alemão Jan Choinski em três sets com os paricais de 6-4, 1-6 e 6-1. Enquanto na primeira ronda, Gonçalo Oliveira venceu o australiano Jason Kubler em dois sets com os parciais de 6-2 e 7-5.

 

Pedro Sousa eliminado na segunda ronda

Pedro Sousa defrontou e perdeu frente ao argentino Marco Trungelliti em dois sets com os parciais de 6-4 e 7-6. O atleta português tinha-nos confessado após o primeiro jogo que estava algo desgastado com a acumulação de jogos. Neste encontro frente a um adversário complicadíssimo, frente ao qual Pedro Sousa já tinha perdido, a história repetiu-se.

Na primeira ronda o português Pedro Sousa tinha vencido o alemão Mats Moraing em três sets com os parciais de 6-4, 5-7 e 6-4.

 

João Domingues eliminado na primeira ronda

O único atleta luso derrotado na primeira ronda foi João Domingues que perdeu frente ao bielorrusso Ilya Ivashka em dois sets com os parciais de 7-5 e 7-5.

Recorde-se que o torneio principal de Roland-Garros inicia-se a 28 de maio, quer na vertente masculina, quer na vertente feminina. De notar que um tenista português já esta no quadro masculino, João Sousa.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.7
X