Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O andebolista português Nuno Gonçalves, que atuava no Istres, assinou pelo Massy, clube da região parisiense.

Com o Istres, que subiu da segunda para a primeira divisão, Nuno Gonçalves, realizou 23 encontros e apontou 36 golos, naquela que foi a segunda temporada com a camisola do Istres.

No entanto o atleta luso decidiu assinar pelo Massy que desceu da primeira para a segunda divisão. Nuno Gonçalves explicou a decisão ao LusoJornal: «O objetivo do clube são os playoffs e lutar pela subida à primeira divisão. Recebi uma boa proposta do Massy, com um projeto ambicioso e com objetivos a alcançar. Terminei contrato com o Istres este ano e acabei por não chegar a acordo com o clube, decidi entre outras propostas que tive e optei pelo Massy», admitiu o andebolista.

Nuno Gonçalves abordou também a temporada que realizou com o Istres: «Foi uma época positiva a nível pessoal, tive mais tempo de jogo a um bom nível que tem a ProLigue. Faltou um pouco de eficácia da minha parte em alguns jogos mas tenho consciência que fui um jogador importante para a equipa, tanto defensivamente como ofensivamente. Ainda há coisas a melhorar e vou continuar a trabalhar», afirmou o atleta.

Por fim, Nuno Gonçalves falou de um possível regresso a Portugal: «Quanto ao regresso a Portugal é incerto, não tive propostas de equipas portuguesas mas espero voltar daqui a uns anos», confessou o andebolista de 25 anos.

Recorde-se que o Massy vai contar apenas com um atleta português, Nuno Gonçalves, visto que Welsau Bungué, andebolista luso, acabou por sair do clube francês.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.8