Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Campeonato francês 2018/2019 de râguebi já conta com quatro jornadas. O Clermont é líder destacado com quatro triunfos em quatro jogos. A equipa do Sudeste da França conta com um lusodescendente, Morgan Parra (com a bola na foto).

Quarta jornada e quarta vitória para o Clermont por 23-27 na deslocação ao terreno do Pau. Um encontro durante o qual Morgan Parra apontou seis pontos.

O internacional francês com origens portuguesas, de 29 anos, iniciou a sua décima temporada com a camisola do Clermont, ele que nasceu em Metz no Leste da França. Na sua carreira, Morgan Parra venceu duas vezes o «Bouclier de Brennus», que designa o Campeão de França.

Neste momento o Clermont lidera o Top-14 com 18 pontos, mais quatro do que Paris, Castres e Toulouse.

 

Quatro atletas lusófonos nas outras equipas

No que diz respeito aos outros atletas lusófonos, de notar que no sexto lugar encontramos o Racing 92 que conta com o internacional francês com origens luso-guineenses, Cédate Gomes de Sá.

Nesta quarta jornada o Racing 92 venceu por 7-17 na deslocação ao terreno do Toulouse. O atleta luso de 25 anos foi titular.

O Bordeaux-Bègles, que ocupa o décimo lugar com oito pontos, tem no seu plantel o franco-angolano Thierry Paiva, atleta de 22 anos que representa o clube girondino pelo segundo ano consecutivo. De notar que o Bordeaux-Bègles perdeu por 22-17 na deslocação ao terreno do Agen nesta quarta jornada.

Julien Bardy, atleta lusodescendente de 32 anos, representa o Montpellier que ocupa o 11° lugar com sete pontos, isto após a derrota por 55-13 na deslocação ao terreno do Lyon. Um início de temporada complicado para a equipa do Sul da França, tendo alcançado apenas um triunfo em quatro jogos. De notar que Julien Bardy é internacional português.

Numa situação pior está um outro internacional luso, Mike Tadjer, atleta de 29 anos que representa o Grenoble. A equipa do Sudeste da França ocupa o 13° lugar do Top-14 com apenas dois pontos e contabilizando quatro derrotas em quatro jogos, a última sendo na deslocação ao terreno do Castres por 29-13.

De notar que no râguebi, no Campeonato francês, há a possibilidade de arrecadar pontos apesar da derrota, graças ao bónus ofensivo e ao bónus defensivo. Neste caso o Grenoble beneficiou do bónus defensivo visto que perdeu duas vezes com 5 pontos de diferença ou menos, como manda a regra, frente ao Pau por 21-24, e frente ao Toulouse por 20-23.

Na próxima jornada, o Clermont de Morgan Parra desloca-se ao terreno do Bordeaux-Bègles de Thierry Paiva, a 22 de setembro, pelas 14h45, o Grenoble de Mike Tadjer recebe o Perpignan a 22 de setembro, pelas 18h00, o Racing 92 de Cédate Gomes de Sá recebe o Castres a 22 de setembro, pelas 20h45, enquanto o Montpellier de Julien Bardy acolhe o Toulouse a 23 de setembro, pelas 16h50.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
10.0
X