Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A ligação entre Portugal e França tem sido intensa nos últimos anos na Seleção de futebol, tanto pela presença de jogadores lusodescendentes ou simplesmente por jogadores que atuam em França. No entanto esses aspetos começam pouco a pouco a desaparecer, quer pelas transferências com saídas de Bernardo Silva, de Hélder Costa ou ainda de João Moutinho do Campeonato francês, quer pelas escolhas do Selecionador Fernando Santos, que não chamou nem Raphaël Guerreiro, nem Anthony Lopes, nem Adrien Silva, entre outros exemplos.

No entanto há um “sobrevivente” no que diz respeito ao Campeonato francês, chama-se Pedro Mendes.

O central luso de 28 anos chegou a França na temporada 2015/2016 para representar o Rennes. Após duas épocas no Stade Rennais, mudou-se para o Montpellier, onde está a iniciar a sua segunda temporada.

O jogador de 28 anos ainda não estreou com a camisola das Quinas mas está agora regularmente na convocatória de Fernando Santos, espreitando por uma oportunidade nos dois próximos jogos: uma deslocação à Polónia, à cidade de Chorzow, a 11 de outubro, num jogo a contar para a Liga das Nações, e depois uma deslocação à Escócia, um jogo amigável que vai decorrer a 14 de outubro em Glasgow.

Em conferência de imprensa, o defesa central Pedro Mendes, que nasceu em Neuchâtel na Suíça, assumiu a alegria por fazer parte da convocatória: “Sou mais um para ajudar. Tenho trabalhado bem no meu clube e fiz um bom trabalho no último estágio. É por isso que estou cá. O primeiro passo era poder cá estar. Agora que cheguei, o segundo é tentar somar minutos. Qualquer jogador gosta de jogar e é para isso que trabalho”, disse.

O jogador também abordou os objetivos de Portugal na Liga das Nações de futebol: “Só pensamos em ganhar. Abordamos todos os jogos para vencer e o objetivo é estar na ‘final four’ da Liga das Nações. Somos um dos favoritos e mostrámos isso no Euro’2016. Temos qualidade para chegar a todas as fases finais, onde quer que nos apresentemos. Só demonstra a qualidade que temos, com grandes jogadores”, concluiu.

Nesta quinta-feira, dia 11 de outubro, Portugal defronta a Polónia no seu segundo jogo a contar para a Liga das Nações. Recorde-se que no primeiro jogo, os Portugueses receberam e venceram por 1-0 a Itália, enquanto os Polacos deslocaram ao terreno dos Italianos e empataram a uma bola. Na tabela classificativa Portugal lidera com três pontos, à frente da Polónia e da Itália que têm um ponto.

De notar que o primeiro do grupo segue para a ‘final four’, o segundo permanece na primeira divisão da Liga das Nações de futebol, enquanto o terceiro classificado desce para a segunda divisão, nesta nova prova organizada pela UEFA.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.5
X