Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Paris Saint Germain goleou por 9-0 o Guingamp e o Monaco foi goleado em casa pelo Strasbourg por 1-5, em jogos a contar para a 21ª jornada do Campeonato francês da primeira divisão de futebol, a Ligue 1.

 

PSG vingou-se da Taça da Liga

O Paris Saint Germain recebeu no Parc des Princes o Guingamp, clube onde atua o Português Pedro Rebocho e que há pouco mais de uma semana derrotou os Parisienses por 1-2, nesse mesmo estádio em jogo dos quartos de final da Taça da Liga francesa.

Desta vez o PSG não queria ser surpreendido pela equipa da Bretagne. O avançado brasileiro Neymar inaugurou o marcador aos 12 minutos de jogo. O encontro estava lançado e ia acelerar ao longo dos minutos.

Antes do intervalo, o Campeão do mundo, o francês Kylian Mbappé apontou dois tentos aos 38 e 45 minutos de jogo, aumentando o marcador para 3-0.

O resultado já parecia algo pesado, mas os Parisienses continuaram a acelerar na segunda parte. Primeiro pelo avançado uruguaio Edinson Cavani que marcou dois golos em 6 minutos (60 e 66 min). Este encontro até parecia um duelo entre os avançados do PSG.

Aos 68 minutos, Neymar marcou um segundo tento pessoal, o sexto para o Paris Saint Germain. Os adeptos parisienses estavam satisfeitos, mas o festival não ia parar por aqui. O público presente ainda teve tempo para ver os golos de Edinson Cavani e de Kylian Mbappé, respetivamente aos 75 e aos 80 minutos de jogo, terminando os dois avançados com três tentos cada.

A conta apenas ficou fechada aos 83 minutos quando o defesa belga Thomas Meunier, que tinha entrado aos 77 minutos para o lugar do defesa brasileiro Thiago Silva, apontou o derradeiro golo do encontro, que fixou o resultado em 9-0 para o PSG frente ao Guingamp do lateral português Pedro Rebocho.

Uma goleada, uma «humilhação» como o próprio Pedro Rebocho reconheceu no fim do encontro.

 

Monaco goleado em casa

No Estádio Louis II, o Monaco queria vencer pela primeira vez em casa nesta temporada 2018/2019 frente ao Strasbourg. No entanto isso acabou por não acontecer.

Após apenas 7 minutos de jogo, o Brasileiro Naldo, que chegou durante este mercado de transferências de inverno, foi expulso, deixando os Monegascos a dez contra onze.

Momento aproveitado pelo Strasbourg para apontar dois golos, aos 12 e 17 minutos, respetivamente pelo avançado Ludovic Ajorque e pelo médio Adrien Thomasson.

O Monaco ainda reagiu e reduziu o marcador pelo avançado colombiano Falcao. No intervalo o resultado era apenas de 1-2 para o Strasbourg.

A segunda parte acabou por ser igual à primeira. Em 5 minutos (63 e 68 min) os jogadores da Alsace marcaram dois golos respetivamente pelo médio Ibrahima Sissoko e pelo avançado Ludovic Ajorque.

O Strasbourg também ficou reduzido a dez elementos quando o Capitão sérvio da equipa, Stefan Mitrovic, foi expulso. No entanto isso não mudou nada à fisionomia do jogo, sendo que a equipa da Alsace até marcou um quinto golo aos 90 + 4 minutos pelo médio Youssouf Fofana.

Um desaire para os Monegascos que contaram com o internacional português Rony Lopes dentro das quatro linhas e com o médio português Pelé no banco de suplentes, enquanto o Strasbourg contou com o avançado luso-caboverdiano Nuno da Costa no relvado e com o médio lusodescendente Anthony Gonçalves no banco de suplentes.

 

Na tabela classificativa, o PSG lidera com 53 pontos, mais três do que o Lille, enquanto o Strasbourg subiu para o quinto lugar com 32 pontos. O Monaco e o Guingamp ocupam os dois últimos lugares, 19° e 20°, com 15 e 14 pontos respetivamente.

Na próxima jornada, o Monaco desloca-se ao terreno do Dijon a 26 de janeiro pelas 20h00, enquanto o Guingamp no mesmo dia, à mesma hora, recebe o Reims, e o Strasbourg, também no sábado, recebe o Bordeaux. No domingo 27 de janeiro, o Paris Saint Germain acolhe o Rennes do franco-português Damien da Silva.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.6
X