Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Portugal registou o segundo maior excedente nas contas públicas (3,6% do PIB) na União Europeia (UE) no terceiro trimestre de 2018 e a maior subida face ao período anterior (6,4 pontos), segundo dados divulgados ontem pelo Eurostat.

A França teve o segundo maior défice público (-3,1%), logo depois da Roménia (-3,6% do PIB).

O défice público da zona euro fixou-se, no terceiro trimestre de 2018, nos 0,3% do Produto Interno Bruto (PIB), um agravamento face ao de 0,5% no período anterior, mas um recuo na comparação homóloga (0,7%).

Na União Europeia (UE), o rádio do défice público em relação ao PIB aumentou para os 0,6% entre julho e setembro face ao período anterior (0,4%), mas diminuiu na comparação com o terceiro trimestre de 2018 (0,8%).

De acordo com o gabinete estatístico da UE, entre os países para os quais há dados disponíveis, Malta teve o maior excedente orçamental entre julho e setembro (3,8%), seguindo-se Portugal e a Bulgária (3,6% cada).

Portugal registou ainda a maior subida – de 6,4 pontos percentuais – face ao trimestre anterior-, quando as contas públicas apresentaram um défice de 2,8% (-3,6% no período homólogo de 2017).

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
4.1
X