Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Monaco, cujo novo Treinador é o Português Leonardo Jardim, perdeu por 2-0 na deslocação ao terreno do Dijon num jogo a contar para a 22ª jornada do campeonato francês de futebol da primeira divisão, a Ligue 1. Leonardo Jardim ainda não esteve no banco a dirigir a equipa, estando presente apenas nas bancadas do Estádio Gaston-Gérard.

Os Monegascos, comandados por um jogo pelo Francês Franck Passi, começaram com dois lusófonos dentro das quatro linhas, o defesa brasileiro Naldo, e o avançado português Rony Lopes.

Do lado do Dijon, um jogador lusófono estava no onze inicial, o avançado caboverdiano Júlio Tavares.

O encontro até começou melhor para o Monaco que procurava abrir o marcador o mais rapidamente possível. No entanto os avançados não conseguiram encontrar o caminho da baliza do guarda-redes francês Bobby Allain.

O Dijon reagiu e nenhuma da raras ocasiões que teve, conseguiu abrir o marcador com um tento apontado pelo avançado sul-coreano Chang-hoon Kwon aos 24 minutos de jogo. O Dijon vencia por 1-0 no intervalo.

A segunda parte começou igual à primeira com o Monaco a dominar o encontro, mas sem resultados concretos. O golo não aparecia do lado dos Monegascos. Pior, o defesa central brasileiro, que chegou no mercado de inverno, Naldo, acabou por ser expulso aos 60 minutos de jogo.

A dez contra onze, o jogo complicou-se ainda mais para os Monegascos com o segundo tento do Dijon, apontado pelo médio tunisino Naïm Sliti.

Com este resultado, o Monaco de Leonardo Jardim permanece no 19° lugar com 15 pontos, enquanto o Dijon sobe para o 16° lugar com 20 pontos. As duas equipas estão numa situação complicada, em cima da linha de despromoção.

Na próxima jornada o Dijon desloca-se ao terreno do Angers a 2 de fevereiro pelas 20h00, enquanto o Monaco dos Portugueses Rony Lopes e Pelé recebe o Toulouse no mesmo dia, à mesma hora.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.5
X