Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A terceira jornada do Campeonato de França de futebol terminou neste domingo 26 de agosto com o empate entre o Marseille e o Rennes a duas bolas no Estádio Vélodrome, no Sul da França.

Com todos os resultados desta jornada, o Paris Saint Germain continua na liderança com nove pontos, partilhando o primeiro lugar apenas com o Dijon. Recorde-se que o PSG derrotou o Angers por 3-1, enquanto o Dijon venceu por 0-4 na deslocação ao terreno do Nice.

Os dois líderes têm dois pontos de vantagem sobre o Lille, e três de vantagem sobre Lyon, Nîmes, Reims e Toulouse. Neste lote de equipas faltam dois favoritos ao título, o Marseille e o Monaco que, com quatro pontos, ocupam o nono e o décimo lugar.

 

Lille, um triunfo sem nenhuma dúvida

Estamos apenas no início da temporada mas uma coisa é certa, este Lille parece diferente, muito diferente (?), daquele do ano passado. Após três jornadas, a equipa do Norte da França conta com dois triunfos caseiros: 3-1 frente ao Rennes e 3-0 frente ao Guingamp, e um empate: 0-0 frente ao Monaco.

Neste fim de semana, os pupilos do Técnico francês Christophe Galtier venceram por 3-0 o Guingamp no Estádio Pierre Mauroy no Norte da França.

O jogo ficou rapidamente resolvido visto que o primeiro tento foi apontado aos 7 minutos pelo médio português Xeka. O Lille não parou de pressionar e aos 10 minutos de jogo, foi a vez do avançado francês Jonathan Bamba de apontar o segundo tento da equipa. A perder por 2-0, o Guingamp do lateral português Pedro Rebocho não conseguia reagir e levar perigo para a baliza do Lille. O resultado final fixou-se em 3-0 aos 73 minutos com um segundo golo apontado pelo avançado francês Jonathan Bamba.

O Lille que contou com os Portugueses José Fonte e Xeka dentro das quatro linhas, Edgar Ié no banco de suplentes, e Rafael Leão na bancada ainda a recuperar de uma lesão, ocupa agora o terceiro lugar da Ligue 1 com sete pontos. Na temporada passada, o Lille ocupava o 13° lugar com apenas três pontos. Uma diferença que pode perspetivar uma melhor época para a equipa do Norte da França.

 

Marseille e Monaco, início complicado

Após triunfos algo expressivos na primeira jornada, tanto o Marseille como o Monaco ainda não conseguiram alcançar uma segunda vitória.

Este fim de semana o Marseille, cujo defesa português Rolando continua lesionado, acabou por empatar a duas bolas, em casa, frente ao Rennes onde o central franco-português Damien da Silva foi titular pela primeira vez nesta época. Na luta pelo título, mas sobretudo pelos lugares cimeiros, que dão acesso à Liga dos Campeões europeus de futebol, o Marseille começa a acumular atraso.

Quanto ao Monaco do Treinador luso Leonardo Jardim, acabou por perder por 2-1 na deslocação ao terreno do Bordeaux. De notar que o avançado português Rony Lopes foi titular, enquanto o médio luso-guineense Pelé, acabou por não jogar. Uma derrota algo surpreendente para os Monegascos visto que o Bordeaux ainda não tinha vencido nenhum jogo nesta época, sabendo ainda que os Girondinos estão a passar por um mau momento, estando sem Treinador. O Monaco que também quer lutar tanto pelo título como pela Liga dos Campeões europeus de futebol, vai ter de reagir rapidamente para não se atrasar mais.

Na próxima jornada, o Marseille, o Monaco, ou ambos, vão perder pontos visto que as duas equipas defrontam-se a 2 de setembro, pelas 21h00, no Estádio Louis II.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.4
X