Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Esta noite vamos ficar a conhecer mais duas equipas apuradas para os quartos de final da Liga dos Campeões europeus de futebol nos seguintes encontros: FC Porto-Roma e PSG-Manchester United.

O único clube português ainda em prova, o FC Porto, recebe os Italianos da AS Roma no Estádio do Dragão.

Recorde-se que na primeira mão dois oitavos de final da Liga dos Campeões europeus de futebol, os Transalpinos venceram por 2-1, o que significa que os portistas têm de vencer pelo menos por 1-0.

Rolando (foto), defesa-central do Marseille e que representou o FC Porto durante sete temporadas, acredita no apuramento do clube da cidade Invicta, em declarações ao LusoJornal.

Como podemos analisar este encontro frente à Roma?

O Porto tem um jogo para vencer na Champions. Aliás um triunfo deverá ser suficiente para alcançar o apuramento. Normalmente em casa o Porto é muito forte até na Champions. Espero que consigam. A Champions é sempre um bónus. O Porto não é um candidato a vencer a Champions, mesmo se eu gostaria, mesmo se já ganhou, e mesmo se espero que continue a ganhar, mas sabemos que neste momento é complicado. O campeonato é o principal objetivo.

É possível derrotar a Roma?

Claro que é possível. O Porto é superior em casa. O Porto consegue bons resultados, a história prova isso. A Roma é uma boa equipa, é uma equipa italiana, e quando uma equipa italiana está em vantagem, é muito difícil de manobrar. Mas no campeonato a Roma não está muito bem. O Porto tem qualidade mais do que suficiente para ultrapassar um adversário que é difícil.

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 4 Votos
7.8
X