Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Associação de Ternay organizou o seu primeiro Festival de folclore

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

A associação “Verde Minho” de Ternay (69) organizou o seu primeiro Festival de folclore na sala de festas de Sainte Claire du Rhône no sábado passado, dia 20 de outubro, onde reuniu cerca de 500 pessoas da Comunidade portuguesa que reside nesta região vinícola a sul de Lyon.

“Correu tudo bem e todos os grupos convidados estiveram presentes mesmo se a distância que nos separa é grande. Este é o nosso primeiro Festival depois da criação do grupo que aconteceu há mais ou menos um ano” disse ao LusoJornal António Pereira, o Presidente da coletividade.

“Estamos aqui em Sainte Claire du Rhône porque em Ternay a Mairie não tem infraestruturas e não havia salas disponíveis nesta data. Como o tempo estava a passar, optámos por vir até esta localidade vizinha. Mas toda a nossa equipa de Direção e todos os membros do grupo tiveram grande empenho para que este encontro tivesse este sucesso. Existe entre nós um espírito de fraternidade e amizade que todos queremos salvaguardar” disse António Pereira ao LusoJornal.

Participaram no Festival os grupos Estrelas Douradas de Bourgoin Jallieu, Os Portugueses da Loire – St Etienne, Mocidade do Minho de St Maurice l’Exil, Estrelas Douradas de Lyon 6, Flores de Portugal de Bron, Províncias de Portugal de Brignais, e, claro, o rancho da casa, Verde Minho.

Verde Minho tem cerca de cinquenta elementos de todas as idades. De salientar a presença de muitos jovens, tanto a dançar como a colaborar. Os ensaiadores são António Pereira e Manuel da Silva, que todos os quinze dias, aos sábados, reúnem numa sala cedida pela Mairie de Ternay.

Para além do Presidente António Pereira, a Direção da coletividade é também composta pelo Vice Presidente Manuel da Silva, pela Secretária Fátima da Silva e pela Tesoureira Paula da Rocha.

“Hoje, como é habitual, deleguei também aos jovens a organização de um sorteio e a ‘kermesse’, o que teve muito sucesso junto dos mais jovens que estavam presentes” disse o Presidente.

Durante este dia foi possível provar frango assado, febras e outras “especialidades portuguesas”, para além de um serviço de bar. As mulheres da associação confecionaram vários bolos que foram vendidos durante o dia e no serão.

No final da passagem dos ranchos em palco, e da entrega das lembranças e agradecimentos, o Dj Telmo da “Sono Delírio” animou o baile que entrou noite dentro.

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 2 Votos
9.5
X