Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

A Casa do Benfica de Paris foi vandalizada este fim de semana com inscrições contra o atual Presidente do Clube, Luís Filipe Vieira. Os dirigentes da Casa encontraram a grelha da fachada da Casa com inscrições, esta segunda-feira, quando foram recuperar o correio. “No sábado eu fui lá e estava tudo bem” diz ao LusoJornal Manuel dos Santos, o Presidente da Casa do Benfica de Paris.

“A Covid-19 já nos penaliza porque há 10 meses que não temos nenhuma entrada financeira. Em 2020 estivemos abertos 4 meses e alguns patrocinadores deixaram de nos apoiar por causa da situação” diz ao LusoJornal. “E agora são necessários mais 1.500 a 2.000 euros para voltar a pintar a fachada”.

Numa mensagem de desilusão, os dirigentes da instituição explicam que “a Casa do Benfica de Paris pertence a todos os Benfiquistas e rejeita toda tentativa de divisão porque essa não é a forma, nem nunca será, de resolver problemas que são reais e que devem ser resolvidos, como sempre foram pelo passado”.

Já há cerca de 3 anos a fachada da Casa do Benfica de Paris foi pintada com inscrições de adeptos do FC Porto, dizendo que o FC Porto era Campeão. “Quando outros ‘adeptos’ de outros clubes vandalizaram a Casa pelo passado, nós repudiámos essa ação que nos feriu tanto socialmente como financeiramente. Mas quando a mesma coisa é feita por aqueles que dizem amar o Benfica, é ainda mais grave”.

“É uma tristeza” diz o Presidente daquela instituição com sede em Paris 14. “Estas pessoas nem se apercebem da má imagem que eles dão da Comunidade portuguesa”. Confessa, no entanto que “são uma minoria” mas “se fosse gente inteligente e assim tão forte, porque não ajudam o Benfica a solucionar os problemas” conclui Manuel dos Santos.

“Os atuais constrangimentos que nos obrigam a estar fechados já chegam para agravar a situação” diz o Presidente. “Nós vamos continuar a trabalhar para manter a Casa do Benfica em Paris em funcionamento para dignificar o Sport Lisboa e Benfica na segunda maior cidade portuguesa. Agora temos de ir limpar este deplorável ato, para não corrermos o risco de as autoridades francesas nos convidarem a encerrar as portas definitivamente! Não precisamos de quem divida, mas sim de quem apoie (sempre) e goste do Benfica!”

 

Associações
X