Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Empresário luso-chinês João Xia vende produtos portugueses em Lyon

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos
Donativos LusoJornal

No oitavo bairro de Lyon, há um empresário chamado João Xia que, apesar da origem chinesa, é um apaixonado pela cultura e o modo de vida portuguesa. “Sinto-me mais português do que chinês, apesar de ter guardado a nacionalidade chinesa”. E acrescenta: “gosto muito do mundo português”.

João Xia emigrou com os pais para Portugal nos anos 80, onde abriram um negócio de confeção moderna, que então floriu na região de Lisboa.

No início de 2010, tenta ele também a aventura europeia, vindo para França, precisamente para a cidade de Lyon. Abriu uma loja de confeção, seguindo a vocação dos pais e chamou-lhe Lusitânia. Mais tarde abriu um salão de chá, pastelaria, ao lado da Lusitânia, com fabrico próprio de confeitaria tradicional portuguesa e que tem atualmente grande sucesso na cidade de Lyon. Chamou-lhe “Clef d’Or”.

Desde a bola de Berlim ao bolo de bolacha, passando pelo incontornável Pastel de Belém, a vitrina está sempre cheia de bolos da pastelaria portuguesa, que os pasteleiros Ramiro e o próprio João Xia fabricam desde as cinco horas da manhã para serem apresentados aos clientes a partir das 6h30, hora de abertura.

As lancheiras, os bolos de carne e outras especialidades portuguesas, são também outras das propostas aos muitos clientes que por ali passam, antes de começar o dia de trabalho.

João Xia aposta também nos produtos de mercearia portugueses. Há um mês abriu um novo espaço com cerca de cinquenta metros quadrados. Trata-se do minimercado Lusitânia, que vende aos clientes da Comunidade portuguesa – mas também a franceses – uma grande escolha de mercearia portuguesa, desde arroz, massa, azeite e conservas, até aos congelados, refrigerantes, cervejas, vinhos de várias regiões de Portugal e o tradicional bacalhau.

João Xia criou ainda um bazar onde vende produtos do artesanato e de fabricação portuguesa, que são expostos em grande variedade.

Tem sete empregados – Sandra, Sandy, Sofia, Stephanie, Ricardo, Ramiro e Miguel – e para ajudar em horas de afluência, “estou eu e a minha esposa” explica João Xia.

“Estamos a viver muito mal esta pandemia”, acrescentou ao LusoJornal. “Mas temos de fazer o esforço, temos de aguentar todas as condições de trabalho com as regras de higiene e de distanciamento. Reduzi um pouco os horários e os espaços de acolhimento, mas por enquanto mantenho todos os postos de trabalho, pois vendemos os produtos ditos ‘essenciais’, o que me permite não fechar completamente as três lojas”.

João Xia mostrou-se “contente” por ter aberto recentemente a mercearia e ter aumentado a proposta comercial para a Comunidade portuguesa na cidade de Lyon. Nas lojas é privilegiado o acolhimento bilingue.

João Xia e a esposa Fan Xia têm quatro filhos, Valentino com 16 anos, Jorge Miguel com 13, Francisca com 11 e Alberto com 10 anos. Todos estão escolarizados na Secção portuguesa da Escola Internacional de Lyon e, tal como os pais, todos eles adoram a cultura portuguesa e passam a maior parte das férias em Portugal.

Os 3 comércios estão implantados no oitavo bairro de Lyon, na famosa avenida eixo este-oeste, no 227-228 avenue Berthelot.

 

Empresas
X