Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Comunidade

 

A fase presencial do Programa de Liderança em Intercâmbio da Administração Pública da União Europeia (UE), proposto pela Presidência Portuguesa, em junho, arranca hoje, anunciou o Ministério da Modernização do Estado e da Administração Pública, em comunicado.

Trata-se de um projeto-piloto que envolve dirigentes públicos de Portugal, França, Bélgica e da Comissão Europeia que são colocados em cargos de direção intermédia em organismos públicos da União Europeia (UE) ou em instituições europeias para partilha de conhecimentos e experiências de aprendizagem, entre outros objetivos.

Em Portugal, as instituições que vão receber dirigentes de instituições francesas são a Direção-Geral do Emprego Público (DGAEP), a Agência para a Modernização Administrativa (AMA) e o Instituto Nacional de Administração (INA). Já os dirigentes portugueses que integram este intercâmbio vão ser recebidos pela Direção-Geral para a Administração e Serviço Público de França.

Nesta primeira fase, que se iniciou em outubro e que decorre até dezembro, o projeto-piloto conta com 14 dirigentes de instituições portuguesas, francesas, belgas e europeias e os programas de intercâmbio terão uma duração entre uma e duas semanas. A segunda fase, que decorrerá entre janeiro e junho, contará também com a participação de dirigentes de Espanha e da Eslovénia.

 

Donativos LusoJornal

 

X