Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

O Grupo Jean Pina anunciou ontem que vai compensar os seus colaboradores durante este período de Páscoa com um mês de compras (produtos não perecíveis) e um cheque para a aquisição de produtos frescos.

João Pina diz que os seus colaboradores “têm sido verdadeiros heróis, tudo têm feito para que as empresas, apesar do decréscimo financeiro na prestação de serviços, dos receios a nível sanitário e dizem sempre ‘Presente’ ao trabalho”.

Em declarações ao LusoJornal, João Pina diz que “o Grupo que lidero está grato aos seus colaboradores e está plenamente consciente que só em equipa avançaremos para enfrentarmos os momentos que se avizinham e que não serão nada fáceis. Estamos quase na Páscoa, uma época onde celebramos a vida em família, é também um momento de reflexão, mudança e renovação”.

Numa note de imprensa enviada à redação do LusoJornal, o empresário português radicado na região de Paris explica que “vivemos tempos extremamente difíceis, um vírus que nos ensinou que as coisas simples da vida são de facto as mais importantes, um abraço, o podermos estar próximos, fisicamente, das pessoas que gostamos, tem agora um significado que dinheiro algum é capaz de comprar”. E acrescenta que na região de Paris as próximas semanas de confinamento “irão agravar ainda mais as desigualdades sociais. Estão a aumentar, lamentavelmente, as filas para buscar os bens mais essenciais a qualquer ser humano: a comida”.

Por isso, João Pina escolheu o período Pascal para agradecer o empenho dos seus colaboradores: “A Páscoa é tempo de celebrar o amor e triunfo de Cristo, mas também de refletir, renovar e mudar para melhor, tal como Ele nos ensinou”.

Gestos simples, mas que cada vez mais possuem grande significado.

 

Empresas
X