Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
IUzNZquPPGY
Donativos LusoJornal

 

Em 1939 foi construído, em apenas 42 dias, o Campo de concentração de Gurs, a poucos quilómetros de Oloron Sainte Marie, nos Pireneus-Atlânticos, para acolher refugiados da Guerra de Espanha e combatentes das forças republicanas. Dos cerca de 20.000 refugiados que ali permaneceram, 349 eram Portugueses.

O Comité Aristides de Sousa Mendes vai inaugurar este fim de semana uma placa que presta homenagem a estes Portugueses.

O Vice-Presidente do Comité, Manuel Dias, explica ao LusoJornal o que foi o Campo de concentração de Gurs e como foi programada esta homenagem.

 

Comunidade
X