Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

 

1632: Morre, aos 77 anos, o escritor frei Luís de Sousa.

1818: Nasce Karl Marx. Foi um filósofo, sociólogo, jornalista e revolucionário socialista.

1821: É abolida a Inquisição em Portugal.

1821: Morre, aos 51 anos, Napoleão Bonaparte, na Ilha de Santa Helena.

1835: Almeida Garrett cria o Conservatório de Lisboa, no âmbito da reforma do Governo Liberal. O ensino da Música é dirigido pelo compositor João Domingos Bomtempo.

1917: Começa a publicação do jornal russo Pravda, fundado por Lenine.

1945: II Guerra Mundial. Holocausto. É libertado o campo de concentração nazi de Mauthausen, na Áustria.

1949: É adotado, em Londres, o Estatuto do Conselho da Europa.

1975: É criado o Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, que entra em funcionamento na época 76/77.

1992: 19 pessoas morrem e 2300 ficam feridas no estádio Furiani, na Corse, quando a tribuna provisória de 10 mil lugares cede antes da meia-final da Taça de França, entre o Bastia e Marseille.

1999: Portugal e a Indonésia assinam, na sede da ONU, em Nova Iorque, os acordos que estabelecem o direito da autodeterminação de Timor-Leste.

2004: É inaugurada a central hidroelétrica da Barragem do Alqueva.

 

Este é o centésimo vigésimo quinto dia do ano. Faltam 240 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “Quis ver até onde ia a estupidez humana. Concluí que não tem limite”. André Maurois, nome literário de Émile Herzog (1885-1967), escritor francês.

 

X