Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

1831: Morre, com 61 anos, o filósofo alemão Friedrich Hegel, autor de “Fenomelogia do Espírito” e “Princípios da Filosofia do Direito”.

1838: Morre José Ferreira Borges, autor do primeiro Código Comercial português. Tinha 52 anos.

1839: Nasce, no Porto, o escritor português Júlio Dinis, pseudónimo de Joaquim Guilherme Gomes Coelho, autor de “As Pupilas do Senhor Reitor” e “Uma Família Inglesa”.

1913: Regina Quintanilha é a primeira mulher a advogar um processo no Tribunal da Boa-Hora, em Lisboa, sob a presidência do juiz Miguel Horta e Costa, barão de Santa Comba Dão. A imprensa diária faz-lhe referências em tom elogioso.

1922: Começa o serviço de rádio da BBC.

1994: Levantamento popular em Díli, contra a ocupação indonésia de Timor Leste, causa 57 feridos e mais de 70 prisões.

1995: É lançada a Companhia ferroviária Eurostar, que atravessa o túnel do Canal da Mancha.

2003: É inaugurado, em Taiwan, o maior arranha-céus do mundo com 508 metros de altura.

2015: Morre, aos 78 anos, José César Paulouro das Neves, antigo Embaixador de Portugal em Paris.

 

Este é o tricentésimo décimo oitavo dia do ano. Faltam 48 dias para o termo de 2021.

Pensamento do dia: “A poesia está guardada nas palavras – é tudo o que eu sei”. Manoel de Barros (1916), poeta brasileiro.

 

 

X