Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

Portugal parte no quinto lugar do ‘ranking’ da UEFA para a fases de grupos das taças europeias de futebol de 2021/22, imediatamente à frente da França, que ultrapassou nas pré-eliminatórias.

A vantagem lusa é, porém, muito curta (44,216 pontos, contra 43,748 dos franceses), com a agravante do ‘adeus’ de duas equipas (Paços de Ferreira e Santa Clara), em contraponto com os gauleses, que continuam com as seis com que partiram.

O contingente português é, ainda assim, formado pelas quatro equipas que habitualmente valem mais pontos, os três ‘grandes’ (Benfica, FC Porto e Sporting), todos na Liga dos Campeões, e o Sporting de Braga, que vai disputar a Liga Europa.

Caso este quarteto consiga manter Portugal à frente da França até ao final da época 2021/22, então Portugal poderia ter três entradas diretas na ‘Champions’ 2023/24, cenário que só se verificaria se o vencedor da Liga Europa 2022/23 conseguisse o apuramento para a Liga dos Campeões via campeonato.

Além deste possível ‘bónus’, a subida do sexto para o quinto lugar valeria duas equipas diretas na fase de grupos da Liga Europa (vencedor da Taça de Portugal e quarto classificado da I Liga em 2022/23) e uma no ‘play-off’ da Liga Conferência Europa (quinto classificado do mesmo campeonato).

A França estará representada na fase de grupos pelo ‘todo poderoso’ Paris Saint-Germain, agora também de Lionel Messi, e o Campeão Lille, na Liga dos Campeões, Lyon, Marseille e Monaco, na Liga Europa, e Rennes, na Liga Conferência Europa.

Desta forma, Portugal terá, certamente, muitas dificuldades em manter-se à frente dos gauleses, mas, por outro lado, dificilmente baixará do sexto posto, o que lhe permitiu esta época ter três equipas na Liga dos Campeões, o Benfica depois de ultrapassar Spartak Moscovo e PSV Eindhoven.

A representação lusa tem uma vantagem ‘inultrapassável’ (44,216 contra 33,500) sobre os Países Baixos, mesmo tendo em conta que, em 2021/22, os pontos holandeses valem mais e que Portugal tem, ainda por cima, menos uma equipa em prova.

Os pontos que as equipas lusas somarem (dois por vitória e um por empate) são divididos por seis (0,333 por vitória e 0,166 por empate), enquanto os holandeses, que ainda não perderam nenhum representante, só têm de dividir os seus por cinco (0,4 e 0,2).

Na próxima época, Portugal já sabe que, a exemplo desta época, terá duas entradas diretas na ‘Champions’ e uma na terceira pré-eliminatória, uma equipa na fase de grupos da Liga Europa e duas nas pré-eliminatórias da Liga Conferência Europa.

Assim, o Campeão e o ‘Vice’ da I Liga 2021/22 seguem para a fase de grupos da ‘Champions’, o terceiro para a terceira pré-eliminatória, o vencedor da Taça de Portugal ruma à Liga Europa, o quarto do Campeonato para a terceira pré-eliminatória da Liga Conferência Europa e o quinto para a segunda.

 

Desporto
X