Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Vão iniciar as aulas no ILCP de Lyon…

LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos LusoJornal / Jorge Campos

O Instituto de Língua e Cultura Portuguesa (ILCP) concluiu neste sábado, dia 19 de setembro, mais um ciclo de “Portas Abertas”. No total foram três dias de encontros com alunos e encarregados de educação. Começaram no dia 10 com informações para os adultos, com aulas de iniciação, e no sábado 12 de setembro houve também aulas de iniciação para as crianças da primária e do colégio.

“Estamos a viver uns tempos difíceis e vamos estar condicionados pela pandemia de Covid-19, e a situação não está a ser muito favorável no dia de hoje” diz ao LusoJornal a professora Helenilda. “Mas estamos desde já preparados para enfrentarmos de novo o cenário de confinamento, dando aulas por internet, com o sistema Zoom, como foi feito nos meses de março, abril e maio”.

Os adultos vão ter aulas todos os dias da semana, das 18h30 às 20h30, e aos sábados um primeiro grupo tem aulas das 8h30 às 10h30 e um segundo grupo das 10h30 às 12h30.

As crianças do colégio e da primária vão ter aulas aos sábados, também em dois grupos, das 8h30 às 10h30 e das 10h30 às 12h30.

As aulas têm lugar no 51 rue de Saint Cyr, em Lyon 9, no edifício da Escola de Comércio de Lyon.

Mas, para além das aulas, o ILCP organiza tradicionalmente eventos culturais, e este ano, “todo o programa de eventos a serem realizados pelo ILCP já está agendado e podemos anunciar a Noite de Fado prevista para o 13 de fevereiro 2021” disse Rosa Maria Queiroz Frejaville, a responsável pedagógica do ILCP. “Para breve anunciaremos também as Jornadas europeias das línguas, que estão agendadas do 21 ao 26 de setembro com o Intituto Camões de St Etienne, e onde o Professor Pit Van de Craen apresentará, no dia 24 de setembro, os seus trabalhos sobre o multilinguismo na educação europeia”.

O grupo de docentes para este ano letivo são José Marques, José Oliveira, Helenilda e Rosa Maria Queiroz, que receberão cerca de 35 alunos do primário e do colégio, assim como cerca de 40 alunos adultos em todos os níveis.

 

Ensino
X