Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A seleção portuguesa de andebol, já qualificada para a ronda principal do Euro2020, defronta hoje a anfitriã Noruega na última jornada da fase preliminar, com muito mais em jogo do que apenas a vitória no Grupo D.

O regulamento do torneio determina que as duas seleções apuradas de cada agrupamento transportem para a segunda fase o resultado do jogo entre si, pelo que o triunfo na cidade norueguesa de Trondheim sobre a vice-campeã mundial permitirá a Portugal entrar a ronda principal com dois pontos.

A ‘equipa das Quinas’ totaliza quatro pontos, os mesmos da também apurada Noruega, enquanto a França, uma das potências da modalidade, detentora de seis títulos mundiais, três europeus e duas medalhas de ouro olímpicas, procurará amealhar os primeiros pontos frente a Bósnia, também em ‘branco’.

A equipa liderada pelo selecionador Paulo Pereira já sabe que ficará integrada no Grupo II, sediado na cidade sueca de Malmö, que receberá ainda os dois primeiros classificados dos grupos E (Islândia, já apurada, Hungria, Dinamarca e Rússia) e F (Eslovénia, Suécia, Suíça e Polónia).

A seleção nacional qualificou-se no domingo para a ronda principal, ao beneficiar da derrota da França com a Noruega, por 28-26, e fruto também das vitórias que conquistou sobre os franceses (28-25), na sexta-feira, e sobre a Bósnia-Herzegovina (27-24), também no domingo.

Após 14 anos de ausência, Portugal está a disputar pela sexta vez a fase final do Campeonato da Europa, no qual tem como melhor resultado o sétimo lugar alcançado em 2000, na Croácia.

 

LusoJornal Artigos
X