Azulejos de Lisboa nos “Alegres do Norte” em Ivry-sur-Seine

A associação Alegres do Norte de Ivry-sur-Seine organiza uma exposição intitulada “Azulejos de Lisboa”, patente do dia 30 de março ao dia 14 de abril na sua sede.

A exposição é dupla pois exibe por um lado as fotografias de azulejos de Lisboa da fotógrafa Céline Crespy, mas também obras de um artista aderente da associação. Armando Pimenta, realiza obras esculturais a partir da recuperação de diversos tipos de metais, que vão desde a asa de um avião até pequenas moedas de francos franceses.

A fotógrafa Céline Crespy explica que o seu trabalho “tem como objetivo pôr em valor o lugar dos azulejos no espaço público da capital portuguesa”, e justifica a utilização do formato Polaroid por querer “dar um caráter instantâneo à foto tirada no momento, a partir de um telemóvel, ao virar de uma esquina, para capturar fragmentos da paisagem da capital portuguesa, que se oferecem, por vezes, ao visitante onde menos se espera”.

Durante a vernissage da exposição que teve lugar dia 29 de março, o jovem Presidente da associação Philippe Malheiro explicou ao LusoJornal querer com esta exposição “diversificar as atividades dos Alegres do Norte e dar a conhecer a cultura portuguesa não somente aos Portugueses em França mas também aos Franceses”.

A associação Alegres do Norte foi criada em 1994 por membros originários de Ponte de Lima e é hoje constituída por mais de 200 aderentes. Tem um grupo de folclore que conta com a participação de muitos jovens, e para além das suas apresentações, os Alegres do Norte também organizam outros tipos de atividades, como por exemplo viagens de grupo. A próxima está marcada para Lourdes, de dia 7 a 10 de junho.

Sábado, das 15h00 às 23h00

Domingo, das 15h00 às 20h30

Entrada Livre

 

Alegres do Norte

Maison de la Citoyenneté

25 rue Jean-Jacques Rousseau

94200 Ivry-sur-Seine