Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço (BMEL), da Guarda, comemorou o 44º aniversário do 25 de Abril de 1974 com iniciativas que visam «refletir sobre a evolução ou transformação» que o acontecimento provocou em vários âmbitos.

A BMEL associou-se à efeméride «através de um conjunto de iniciativas, nomeadamente exposições, uma conferência, uma tertúlia e outras manifestações artísticas que visam refletir sobre a evolução ou transformação que este acontecimento provocou na literatura, nos meios de comunicação, nas artes e na sociedade».

As iniciativas dedicadas ao 25 de Abril terminaram na semana passada, no dia 27, com o espetáculo de dança contemporânea «Projeto 44. Por Abril», interpretado por Bruno Brazete. «O corpo e o movimento, suportado em imagens manipuladas, são o canal de comunicação que o performer Bruno Brazete utiliza para criar um processo de ligação entre arte, democracia e liberdade», refere o município da Guarda.

Bruno Brazete integra desde 2013 a Ópera nacional de Paris-Bastille, trabalhando em produções como «Gioconda», «Enlevement au Serail», «Samson et Dalila», entre muitas outras, segundo a fonte.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.2
X