Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Desporto

 

O central Tiago Djaló, jogador dos franceses do Lille, foi dispensado da Seleção portuguesa de sub-21 e falha os dois jogos com o Chipre, de apuramento para o Europeu de 2023, anunciou a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

“O defesa Tiago Djaló foi dispensado dos trabalhos da Seleção nacional de sub-21 devido às queixas musculares apresentadas nos últimos dias”, anunciou a FPF no seu sítio oficial na Internet.

Desta forma, o jogador do Lille “não viaja para o Chipre, ao contrário de Alexandre Penetra (Famalicão), que foi integrado nos trabalhos da equipa das ‘quinas’ na terça-feira”. A comitiva lusa viajou ontem para Larnaca, via aeroporto internacional de Faro.

Portugal defronta o Chipre na sexta-feira à tarde, em Larnaca, e recebe os cipriotas quatro dias depois, na terça-feira, no Estádio de São Luís, em Faro.

Portugal lidera o Grupo 4 da fase de qualificação, contando por vitórias os três jogos realizados, frente à Bielorrússia (1-0) e Liechtenstein (11-0), em casa, e à Islândia (1-0), fora, e ainda não sofreu qualquer golo (13-0).

O Chipre, que também não sofreu qualquer golo (12-0), é terceiro classificado da ‘poule’, com sete pontos, em três jogos, a um da Grécia, segunda colocada, com oito, em quatro.

Os nove vencedores dos grupos da fase de qualificação e o melhor segundo classificado (sem contar os resultados contra as equipas no sexto lugar) qualificam-se diretamente para a fase final, juntando-se às anfitriãs Geórgia e Roménia.

Os oito restantes segundos classificados irão disputar as quatro vagas remanescentes, em ‘play-off’ a realizar em setembro de 2022.

 

Donativos LusoJornal

 

X