Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

A Secretária de Estado das Comunidades Portuguesas diz que vai enviar pessoal de reforço provisório para o Consulado Geral de Portugal em Paris, para reduzir o tempo de espera para obtenção de uma vaga para tratar do Cartão do cidadão.

“Já este mês de julho virá uma pessoa de Portugal e era bom virem mais pessoas, vamos ver se isso é possível, para reforçarmos temporariamente enquanto não temos um reforço mais definitivo” anunciou Berta Nunes ao LusoJornal.

Quando esteve em Paris, na semana passada, a Secretária de Estado encontrou-se com o Cônsul Geral de Portugal em Paris, Carlos Oliveira, e a Governante diz que este foi “o assunto principal da nossa conversa”.

“Nós sabemos que há necessidade de um reforço robusto. Isso vai acontecer”, garantiu à Lusa Berta Nunes, sem avançar o número preciso de novos funcionários que virão para a capital francesa.

Berta Nunes explicou que o Ministério dos Negócios Estrangeiros já pediu um reforço de mais de 100 funcionários para os diferentes Consulados no mundo, estando agora à espera da resposta do Ministério dos Finanças, com a governante a manifestar-se otimista quanto a uma resposta positiva. “Todos os anos temos vindo a reforçar o pessoal consular. Os serviços públicos foram muito impactados pela pandemia e necessitam de uma atenção especial”, reconheceu.

“Paris será um dos postos em que haverá um maior reforço até comparativamente com outros. Sabemos que há essa necessidade porque é o maior Consulado português” disse em declarações ao LusoJornal.

Berta Nunes espera que o recrutamento seja feito ainda antes do fim do ano. “Se em setembro e outubro tivermos essa autorização, rapidamente se pode começar a fazer o recrutamento, que é feito pelos próprios Consulados”.

“Queremos que o prazo de espera não ultrapasse dois ou três meses”, concluiu.

 

Comunidade

 

X