Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

O Rennes venceu por 2-1 o Saint Étienne num jogo a contar para a 15ª jornada do Campeonato francês da primeira divisão de futebol, a Ligue 1.

O segundo golo foi apontado pelo defesa luso-francês e Capitão do Rennes, Damien da Silva, aos 90+4 minutos de jogo.

Com este triunfo, o Stade Rennais ocupa o 11° lugar com 21 pontos, enquanto o Saint Étienne está na 9ª posição com 22 pontos. O líder da prova continua a ser o Paris Saint Germain com 33 pontos.

O LusoJornal falou com o lusodescendente de 31 anos, Damien da Silva, abordando este início de temporada, bem como as exibições do médio franco-angolano Eduardo Camavinga e do avançado brasileiro Raphinha.

 

A temporada do Rennes tem sido feita de altos e baixos?

Não temos sido regulares. Conseguimos grandes exibições, durante as quais mostramos ser uma boa, uma grande equipa da Ligue 1, e há outros momentos em que esquecemos alguns dos nossos valores e acabamos por perder como na precedente jornada na deslocação ao terreno do Dijon por 2-1.

 

Qual é o objetivo do clube?

Queremos estar nos lugares cimeiros da Ligue 1 como é obvio. Neste momento o Campeonato ainda tem uma certa homogeneidade, mas temos de fazer tudo para estarmos onde queremos estar. Acho que no fim do mês de dezembro vamos ver equipas que vão ficar para trás. Nós estamos numa situação razoável na tabela classificativa, mas não podemos ter mais percalços.

 

O percurso na Liga Europa é mais complicado…

Na Liga Europa queríamo-nos apurar, mas não conseguimos e é uma deceção. No entanto queremos acabar bem na Liga Europa apesar da eliminação. Queremos mostrar uma boa imagem do Rennes na Europa, como fizemos na época passada.

 

O médio franco-angolano Eduardo Camavinga tem impressionado…

Camavinga é muito jovem, uma futura esperança. Se ele continuar assim, pode ser interessante. O que eu noto mais neste jogador é a mentalidade que ele tem. Espero para ele que continue a subir até atingir voos mais altos. É um jovem jogador, mas não precisa de muitos conselhos, ele tem os pés bem assentes no chão.

 

O que podemos dizer de Raphinha, jogador brasileiro que chegou do Sporting CP?

Raphinha tem um potencial enorme. Ele lesionou-se no início, mas agora regressou e tem feito excelentes jogos. Acho que pode ser ainda mais decisivo para a nossa equipa como conseguiu ser nestes dois últimos jogos. Vai subir ainda mais de rendimento.

 

LusoJornal Artigos
Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 0 Votos
0.0
X