Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

1831: O comércio de escravos é proibido no Brasil.

1867: Nasce, em Varsóvia, Marie Curie, Prémio Nobel da Física com Pierre Curie e Antoine Henri Becquerel em 1903 e Prémio Nobel da Química com o marido, Frederic Joliot, em 1911.

1879: Nasce Léon Trotsky, revolucionário russo.

1913: Nasce o escritor francês Albert Camus, autor de “O Estrangeiro”, Prémio Nobel da Literatura em 1957.

1917: Revolução de Outubro. O partido Bolchevique, liderado por Vladimir Ilich Ulyanov, Vladimir Lenin, toma o poder na Rússia, derrubando o governo de Alexander Kerenski.

1975: O centro emissor da emissora católica portuguesa Rádio Renascença, em Lisboa, é destruído por uma bomba.

1981: É extinto o MES, Movimento de Esquerda Socialista, durante um jantar no Mercado do Povo, junto à torre de Belém.

1995: O escritor José Saramago recebe o Prémio Camões.

2008: Morrem seis portugueses num acidente rodoviário envolvendo dois veículos portugueses: uma carrinha e um camião com reboque, na A-62 (que liga Burgos, em Espanha, a Portugal. As vítimas eram trabalhadores que tinham estado em França e regressavam a Portugal.

2009: Morre, com 89 anos, Anselmo Duarte, cineasta brasileiro, Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1962 com o filme “O Pagador de Promessas”.

 

Este é o tricentésimo décimo primeiro dia do ano. Faltam 54 dias para o termo de 2022.

Pensamento do dia: “É preciso entrar em estado de palavra. Só quem está em estado de palavra pode enxergar as coisas sem feitio”. Manoel de Barros (1916), poeta brasileiro.

X