Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Festa dos Cravos na APCF de Frontignan

LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio LusoJornal / Tony Inácio

A Associação Portuguesa Cultural de Frontignan (APCF) comemorou no sábado passado, dia 28 de abril, o 44° aniversário da Revolução dos Cravos de 25 de abril de 1974.

A festa, preparada com rigor pela Presidente Isabel Fiúza – com a colaboração de muitos voluntários – voltou a ser um sucesso, com sala cheia e sobretudo onde participaram Portugueses e Franceses.

A festa começou com um discurso de boas-vindas da Presidente da associação, evocando o 25 de Abril, seguindo-se os discursos de circunstância das personalidades presentes, convidadas para a cerimónia. Os hinos nacionais dos dois países foram cantados em coro pelos presentes, de pé. E os membros do grupo de folclore da associação entoaram a «Grândola, Vila Morena».

Para o jantar, a associação preparou um Arroz Malandro, com panados, salada, e sobremesa. E depois do jantar, o grupo de folclore da associação – Lembranças de Portugal – fez uma atuação.

A noite foi animada pelo duo Gaby & Alex, vindos especialmente da Suíça para este evento, que fizeram dançar os presentes até bem tarde, noite dentro.

Como habitualmente Isabel Fiúza agradeceu aos voluntários que ajudaram a preparar a sala, serviram a refeição e trabalharam na cozinha, e que tiveram também de limpar a sala no dia seguinte.

Para julho, a associação já está a preparar mais uma Sardinhada.

 

 

Gostou deste artigo? Vote, participe!
Votação do Leitor 1 Voto
9.7
X