Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.
Donativos LusoJornal

 

A realizadora Maria de Medeiros vai apresentar, em ante-estreia francesa, o filme “Nos Enfants” – cujo título original é “Aos nossos filhos” – no quadro da 43ª edição do Festival Internacional do filme de mulheres de Créteil, que este ano vai ter lugar em formato digital, entre os dias 2 e 11 de abril.

A ideia do filme tinha sido apresentado em Créteil em 2014 quando Maria de Medeiros foi Convidada de Honra do festival. Na altura apresentou sete filmes e propôs a leitura da peça de teatro da brasileira Laura Castro, que deu lugar agora ao filme.

O filme foi filmado no Brasil e saiu em 2019, embora ainda não tivesse tido estreia em França. Fala da monoparentalidade e tem um elenco de luxo, com Marieta Severo, José de Abreu, a própria Laura Castro, Marta Nóbrega, Cláudio Lins e António Pitanga. Veja AQUI.

“Vera é uma antiga militante contra a ditadura brasileira, que teve de se exilar e viveu em vários países. Tânia, a filha, casou há 15 anos com uma outra mulher que está grávida do primeiro bebé. Mesmo se ela é uma ardente defensora dos direitos e das liberdades, Vera tem algumas dificuldades em admitir esta situação” lê-se na nota de imprensa.

“Nos enfants” vai ser projetado em ante-estreia no domingo, dia 4 de abril, às 18h00, e vai estar disponível na plataforma do Festival até ao dia 10 de abril.

O Festival International de Films de Femmes foi criado em 1979 para defender o cinema “das realizadoras do mundo inteiro. Lutando contra todas as formas de discriminação, de raça, de sexo, de cultura, de classe social, o Festival assume uma dupla herança do feminismo e da ação cultural, colocando a interrogação sobre a imagem e os modos de representações, no centro das suas reflexões”.

Na seleção “Héritage” também é apresentado o filme brasileiro “Les yeux ouverts” de Charlotte Dafol.

 

Cultura
X