Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

A 27ª jornada do campeonato francês da primeira divisão de futebol, a Ligue 1, acabou por ser algo positiva para os Treinadores portugueses com um triunfo para André Villas-Boas com o Marseille, e com um empate para Paulo Sousa com o Bordeaux.

 

Triunfo que segura segundo lugar

O Marseille de André Villas-Boas venceu por 2-3 na deslocação ao terreno do Nîmes. Os três golos da equipa marselhesa foram apontados pelo avançado argentino Darío Benedetto.

Quanto ao Nîmes, a equipa do Sul da França esteve a vencer por 1-0 com um golo do avançado argelino Zinedine Ferhat aos 5 minutos, mas acabou por sofrer três golos, antes de reduzir o marcador ao minuto 90 pelo médio francês Lucas Deaux.

Um triunfo que permite ao Marseille segurar o segundo lugar com 55 pontos, a 13 do líder, o Paris Saint Germain. Os Marselheses têm oito pontos de vantagem sobre o Rennes e nove sobre o Lille.

 

Paulo Sousa cedeu empate

O Bordeaux de Paulo Sousa empatou, em casa, a uma bola perante o Nice. Os Girondinos até abriram o marcador com um tento do avançado francês Nicolas de Préville, mas não conseguiram segurar o triunfo isto que o Nice acabou por empatar aos 57 minutos com um tento do médio argelino Adam Ounas.

Após a derrota por 4-3 na deslocação ao terreno do Paris Saint Germain, o Bordeaux arrecadou um ponto frente ao Nice com este empate a uma bola.

Na tabela classificativa, os Girondinos ocupam o 12° lugar com 36 pontos, enquanto o Nice está na 9ª posição com 38 pontos.

 

Lille arrecadou três pontos importantes

O Lille venceu por 0-1 na deslocação ao terreno do Nantes com o único tento a ser apontado aos 58 minutos pelo médio francês Benjamin André.

Um jogo durante o qual atuaram os 3 Portugueses do lado do Lille: o defesa José Fonte, e os médios Renato Sanches e Xeka. De notar que o quarto atleta luso, Tiago Djaló esteve no bando de suplentes.

O Lille procura segurar um lugar na Liga dos Campeões europeus de futebol, mas para isso ter, pelo menos, de chegar ao terceiro lugar ocupado pelo Rennes. Os ‘Dogues’ têm um ponto de atraso sobre a equipa da Bretagne.

 

PSG arrasou em noite de coronavírus

O Paris Saint Germain acabou por golear o Dijon do avançado luso-guineense Mama Baldé por 4-0 no Parc des Princes na capital francesa.

Um jogo que acabou por ficar marcado pelo coronavírus. Nesse jogo que decorreu no sábado 29 de fevereiro, foi a primeira vez que as novas medidas implementadas pelo Governo foram respeitadas: os jogadores não podiam apertar a mão dos adversários, as crianças não acompanharam os jogadores durante a entrada dentro das quatro linhas e os jornalistas foram proibidos de zona mista, a zona onde se realizam as entrevistas dos jogadores.

De notar que os golos parisienses foram apontados pelo avançado espanhol Pablo Sarabia, pelo avançado argentino Mauro Icardi e pelo avançado francês Kylian Mbappé que bisou.

Um jogo durante o qual o avançado luso-guineense Mama Baldé, antigo jogador do Sporting CP, foi titular, bem como o avançado cabo-verdiano Júlio Tavares, isto enquanto o avançado venezuelano Jhonder Cádiz, que passou pelo Vitória de Setúbal e o Benfica, entrou no decorrer da segunda parte.

Os Parisienses lideram a Ligue 1 com 68 pontos, enquanto o Dijon de Mama Baldé está na 17ª posição com 27 pontos, apenas cinco de vantagem sobre o primeiro clube que desce à segunda divisão, o Amiens.

 

Desporto
X