Uma senha ser-lhe-á enviada por correio electrónico.

Gelson Martins (no centro), avançado português do Monaco, vai realizar o seu último jogo com a camisola dos Monegascos nesta temporada 2018/2019 e espera garantir a manutenção, ele que chegou ao clube do Principado durante o mercado de inverno, emprestado pelos Espanhóis do Atlético Madrid. Esta noite o futuro do Monaco está em causa visto que os Monegascos ainda não garantiram totalmente a manutenção na primeira divisão francesa de futebol, a Ligue 1.

A 38ª e última jornada da liga francesa de futebol decorre nesta sexta-feira 24 de maio, um dia antes do previsto por causa das manifestações dos coletes amarelos, visto que em França todos os jogos da derradeira jornada têm de se realizar no mesmo dia e à mesma hora. Com medo de possíveis bloqueios, a Liga Francesa de Futebol decidiu avançar de 24 horas o dia da última jornada. Um dia decisivo para o Monaco de Leonardo Jardim que ainda não tem a manutenção assegurada e que vai defrontar o Nice, num dérbi do Sul da França.

Neste momento o Monaco ocupa o 16° lugar com 36 pontos, tendo um ponto de vantagem sobre o Amiens e três pontos de vantagem sobre o Caen. Os Monegascos ainda podem terminar no 18° lugar, que dá acesso ao play-off de manutenção, mas esse cenário parece complicado visto que o Amiens e o Caen teriam de vencer, e o Caen teria mesmo de golear. O Monaco ‘quase’ garantiu a manutenção na primeira divisão.

Gelson Martins, avançado português do Monaco, admitiu que a manutenção é o principal objetivo antes deste derradeiro jogo e garante que na próxima época a equipa vai voltar mais forte.

A manutenção está garantida ou ainda não?

Acredito que vamos assegurar a manutenção. A equipa tem qualidade, mas passámos por situações que não queríamos. É óbvio que não queríamos estar nesta situação. Mas agora há que dar a volta, ficar na primeira divisão, que é o nosso objetivo atual, e no próximo ano vamos voltar mais fortes.

O triunfo frente ao Amiens foi um certo alívio para a equipa?

Sabíamos que ia ser um jogo difícil. Vínhamos de uma derrota difícil e a equipa sabia que tinha de entrar concentrada e marcar logo no início. Foi isso que fizemos. Entrámos com tudo, marcámos dois golos e ganhámos. Merecemos esse triunfo. Agora vamos para o próximo jogo com a mesma mentalidade.

Como tem sido a experiência no campeonato francês?

A experiência no campeonato francês tem sido boa, estou a gostar. Estou a dar o meu melhor para ajudar o Monaco no seu objetivo e ver o que acontece depois para a frente.

Vai ficar no Monaco?

Ainda não sei se fico (risos).

Que opinião tem do campeonato português?

Continuo a seguir o campeonato português. Joguei lá e sei como é. É um campeonato competitivo que tem várias equipas de qualidade, os três grandes principalmente, e penso que o campeonato foi competitivo este ano.

X